Queda de cabelo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Ein Hoffnungsschimmer für die Opfer von Haarausfall

Inhaltsverzeichnis

Um vislumbre de esperança para as vítimas da queda de cabelo

Um arti­go no site da Bloomberg des­cre­ve a pes­qui­sa da Merck & Co (MRK) e da Actelion Ltd. sobre uma pro­teí­na espe­cí­fi­ca que acre­di­ta-se cau­sar cal­ví­cie em homens. A pro­teí­na encon­tra­da no cou­ro cabe­lu­do é tes­ta­da para ver se cer­tas dro­gas podem con­tro­lá-la efe­ti­va­men­te.

A pro­teí­na, pros­ta­glan­di­na D2 ou PGD2, foi encon­tra­da em quan­ti­da­des exces­si­vas em áre­as care­cas do cou­ro cabe­lu­do. O tra­ta­men­to da Merck se con­cen­tra em enxa­guas faci­ais e acte­li­on em pre­pa­ra­ções alér­gi­cas. Em ambos os tra­ta­men­tos, os estu­dos estão em está­gi­os finais; eles lidam com o blo­queio da pro­teí­na.

Atualmente, qua­se 8 em cada 10 homens de 60 anos apre­sen­tam alguns sinais de cal­ví­cie; as esta­tís­ti­cas refe­rem-se a homens de pele cla­ra. A dro­ga Propecia da Merck e Rogaine da Johnson & Johnson retar­da a que­da de cabe­lo e, em alguns casos, pro­mo­ve um bai­xo cres­ci­men­to. Acredita-se que homens com pro­ble­mas de que­da de cabe­lo serão capa­zes de expe­ri­men­tar o cres­ci­men­to capi­lar quan­do a pro­teí­na de pros­ta­glan­di­na for remo­vi­da. O que não é cer­to é se os folí­cu­los capi­la­res vol­ta­rão ao seu com­pri­men­to ante­ri­or e pro­du­zi­rão cabe­los lon­gos.

Os pes­qui­sa­do­res exa­mi­na­ram todos os genes encon­tra­dos nas amos­tras de cou­ro cabe­lu­do de 5 homens para com­pa­rar as par­tes care­cas com as par­tes pelu­das. Todas as amos­tras apre­sen­ta­ram altos níveis de pros­ta­glan­di­na nas amos­tras nuas em com­pa­ra­ção com as amos­tras pelu­da. Ao acom­pa­nhar esses resul­ta­dos, os pes­qui­sa­do­res des­co­bri­ram que 17 homens com que­da de cabe­lo tinham níveis de PID2 nas áre­as care­cas três vezes mai­o­res do que em áre­as com cres­ci­men­to capi­lar. Em camun­don­gos, o estu­do tam­bém mos­trou que os níveis exces­si­vos de PID2 redu­zi­ram os folí­cu­los.

Estudos ante­ri­o­res mos­tra­ram que, mes­mo em indi­ví­du­os care­cas, as célu­las-tron­co res­pon­sá­veis pela for­ma­ção capi­lar per­ma­ne­cem intac­tas. Além dis­so, os folí­cu­los capi­la­res só estão pre­sen­tes em menor por­te e pro­du­zem cabe­los cur­tos e finos que difi­cil­men­te pas­sam pela super­fí­cie da pele ao lon­go do tem­po.

Enquanto os estu­dos mais recen­tes ain­da estão sen­do rea­li­za­dos, que não tra­tam espe­ci­fi­ca­men­te da que­da de cabe­lo, mas com outras áre­as, há uma cla­ra pos­si­bi­li­da­de de que os novos acha­dos final­men­te abram as por­tas para a cura para a cal­ví­cie mas­cu­li­na.

Em um estu­do com­ple­ta­men­te inde­pen­den­te da Perelman School of Medicine da Universidade da Pensilvânia, pes­qui­sa­do­res encon­tra­ram níveis extra­or­di­na­ri­a­men­te altos de pros­ta­glan­di­na, um lipí­dio no cou­ro cabe­lu­do de homens com cal­ví­cie.

Podemos espe­rar que esses avan­ços anun­ci­em novos tra­ta­men­tos para um dos pro­ble­mas de que­da de cabe­lo mais comuns nos homens.

Tudo de melhor da raiz urtiga contra a queda de cabelo

A raiz urti­ga tam­bém é cha­ma­da de urti­ga e urti­ga; é uma boa opção de tra­ta­men­to à base de plan­tas para que­da de cabe­lo. Mas não há real­men­te nenhu­ma evi­dên­cia cien­tí­fi­ca para apoi­ar ale­ga­ções de que pode pre­ve­nir a que­da de cabe­lo ou pro­mo­ver o cres­ci­men­to do cabe­lo. No entan­to, o uso não pre­ju­di­ca a menos que a pes­soa tome medi­ca­men­tos espe­ci­ais.

A plan­ta exis­te há sécu­los e é usa­da para tra­tar vári­as doen­ças. A urti­ga tem ori­gem na Ásia e no nor­te da Europa, mas ago­ra é encon­tra­da em dife­ren­tes par­tes do mun­do. A plan­ta de urti­ga tem cabe­lo fino no cau­le e folhas, que picam ao toque e dão-lhe seu nome. A raiz é fre­quen­te­men­te usa­da para tra­tar pro­ble­mas de prós­ta­ta.

Por que perdemos o cabelo?

Há inú­me­ras razões pelas quais as pes­so­as sofrem que­da de cabe­lo. Uma das razões mais comuns é dihi­dro­tes­tos­te­ro­na, um ver­da­dei­ro que­bra-lín­guas, então vamos ficar com o DHT. A tes­tos­te­ro­na é con­ver­ti­da em DHT, que então se pren­de aos folí­cu­los capi­la­res e impe­de que os nutri­en­tes che­guem aos folí­cu­los para ali­men­tá-los. O resul­ta­do é uma vida útil redu­zi­da dos folí­cu­los capi­la­res, o que faz com que o cabe­lo caia mais rápi­do do que deve­ria nor­mal­men­te cair. O DHT tam­bém pode fazer com que os folí­cu­los capi­la­res enco­lham, tor­nan­do o cabe­lo mais fino e fino, fazen­do com que­bre facil­men­te.

A que­da de cabe­lo tam­bém é atri­buí­da a outros fato­res, incluin­do enve­lhe­ci­men­to, tire­oi­de, estres­se, infec­ções fún­gi­cas, dia­be­tes, cer­tos medi­ca­men­tos e gra­vi­dez. Alterações hor­mo­nais tam­bém podem cau­sar que­da de cabe­lo.

Como a raiz da urtiga ajuda na queda de cabelo?

Presume-se que a raiz da urti­ga tem as pro­pri­e­da­des neces­sá­ri­as para blo­que­ar e supri­mir a con­ver­são de tes­tos­te­ro­na em DHT. Bloquear a pro­du­ção de DHT sig­ni­fi­ca uma redu­ção na que­da de cabe­lo. Não há estu­dos que pro­vem a efi­cá­cia des­sa erva.

A raiz da urti­ga está dis­po­ní­vel de vári­as for­mas, incluin­do: extra­to seco, extra­to líqui­do, raiz seca e tin­tu­ra radi­cu­lar. Cada tipo de pre­pa­ra­ção da raiz da urti­ga deve ser toma­da em doses espe­cí­fi­cas. Há vári­os sham­po­os à ven­da que con­têm a raiz da urti­ga.

Efeitos colaterais da raiz da urtiga

Fazer tra­ta­men­tos radi­cu­la­res para que­da de cabe­lo tem pou­cos efei­tos cola­te­rais. Em casos raros, pode ocor­rer acú­mu­lo de flui­dos ou estô­ma­gos per­tur­ba­dos. As pes­so­as que tomam medi­ca­men­tos para diluir o san­gue devem con­sul­tar um médi­co antes de tomar a raiz da urti­ga, pois ela pode ter pro­pri­e­da­des de afi­na­ção de san­gue. Gestantes e lac­tan­tes são acon­se­lha­das a não rea­li­zar tra­ta­men­tos radi­cu­la­res sem con­sul­tar um médi­co.

Tratamentos de queda de cabelo alopecia (queda de cabelo doentia)

Alopecia, a que­da pato­ló­gi­ca do cabe­lo, refe­re-se a um pro­ble­ma de que­da de cabe­lo cau­sa­do por vári­as cau­sas como ida­de, doen­ça, esti­lo de vida, medi­ca­ção e fato­res here­di­tá­ri­os. Especialistas em cabe­lo podem ava­li­ar a cau­sa com base na pro­gres­são da que­da de cabe­lo e no tem­po. A que­da súbi­ta de cabe­lo, por exem­plo, é geral­men­te atri­buí­da a uma doen­ça, tra­ta­men­tos médi­cos como qui­mi­o­te­ra­pia ou mudan­ça ali­men­tar. A que­da gra­du­al de cabe­lo é mais um pro­ble­ma here­di­tá­rio e par­te do pro­ces­so nor­mal de enve­lhe­ci­men­to. Esse tipo de alo­pe­cia é um dos pro­ble­mas de que­da de cabe­lo mais comuns e pode ser obser­va­do tan­to em homens quan­to em mulhe­res.

Outros tipos de alopecia são:

  • A que­da de cabe­lo mui­to repen­ti­na, na qual a pes­soa per­de o cabe­lo em man­chas, deve ser exa­mi­na­da por um espe­ci­a­lis­ta em saú­de. Este pode ser o sin­to­ma de uma doen­ça sub­ja­cen­te; pode ser uma doen­ça autoi­mu­ne que cau­sa que­da de cabe­lo.
  • Os folí­cu­los capi­la­res podem ser des­truí­dos por doen­ças de tire­oi­de, ane­mia e ano­re­xia. Também pode ocor­rer como efei­to cola­te­ral de cer­tos medi­ca­men­tos, como medi­ca­men­tos usa­dos para tra­tar pro­ble­mas car­día­cos, pres­são alta e depres­são.
  • Os padrões de que­da de cabe­lo em homens e mulhe­res são mui­to dife­ren­tes; Nos homens, a que­da de cabe­lo geral­men­te ocor­re per­to da linha do cabe­lo, no cou­ro cabe­lu­do ou na par­te de trás da cabe­ça. Nas mulhe­res, a que­da de cabe­lo ocor­re prin­ci­pal­men­te na fren­te e na par­te supe­ri­or do cou­ro cabe­lu­do. A que­da de cabe­lo é um gran­de pro­ble­ma na América, enfren­tan­do incrí­veis 80 milhões ou mais homens e mulhe­res.

Tratamento de alopecia

Depois de todas as más notí­ci­as, é enco­ra­ja­dor saber que há boas notí­ci­as tam­bém. Existem dife­ren­tes tipos de tra­ta­men­to para que­da de cabe­lo. Se a que­da de cabe­lo é o sin­to­ma de um pro­ble­ma médi­co, o pro­ble­ma deve ser resol­vi­do pri­mei­ro. Tratamentos sob a for­ma de tera­pi­as de cres­ci­men­to capi­lar e alguns tra­ta­men­tos sem pres­cri­ção médi­ca estão dis­po­ní­veis para que­da de cabe­lo here­di­tá­ria. Há tam­bém téc­ni­cas cirúr­gi­cas para trans­plan­te capi­lar.

O pri­mei­ro pas­so para um cres­ci­men­to capi­lar mais sau­dá­vel é a con­sul­ta de um médi­co que pro­va­vel­men­te rea­li­za­rá alguns exa­mes para fazer um diag­nós­ti­co. Às vezes, o clí­ni­co geral reco­men­da o paci­en­te a um der­ma­to­lo­gis­ta se a que­da de cabe­lo esti­ver rela­ci­o­na­da a um pro­ble­ma de pele. Somente depois que a cau­sa tiver sido deter­mi­na­da, o médi­co pres­cre­ve­rá um tra­ta­men­to.

Além dos tra­ta­men­tos sem pres­cri­ção, trans­plan­te capi­lar, lobo cabe­lu­do, tra­ta­men­to a laser e redu­ção do cou­ro cabe­lu­do são alguns dos tra­ta­men­tos de alo­pe­cia dis­po­ní­veis.

A alo­pe­cia em si não cau­sa com­pli­ca­ções; o úni­co pro­ble­ma é, na ver­da­de, a per­da de auto­con­fi­an­ça no apa­re­ci­men­to da que­da de cabe­lo.

Shampoos anti-queda de cabelo para evitar a queda de cabelo

As pes­so­as estão cons­tan­te­men­te pro­cu­ran­do na Internet por infor­ma­ções sobre sham­po­os para que­da de cabe­lo. Qualquer um que já expe­ri­men­tou o tor­men­to psi­co­ló­gi­co da que­da exces­si­va de cabe­lo sabe o que sig­ni­fi­ca estar cons­tan­te­men­te à pro­cu­ra do sham­poo cer­to para a que­da de cabe­lo; um sham­poo mila­gro­so que para a que­da de cabe­lo e pro­mo­ve o cres­ci­men­to do cabe­lo. A per­gun­ta para a qual que­re­mos encon­trar res­pos­tas é: esses pro­du­tos real­men­te exis­tem e, se sim, como fun­ci­o­nam?

Uma coi­sa sabe­mos: sham­po­os são uma solu­ção econô­mi­ca para os tra­ta­men­tos de que­da de cabe­lo mais exor­bi­tan­te­men­te caros de hoje. O ato de ir à loja e esco­lher um xam­pu que afir­ma parar a que­da de cabe­lo envol­ve pou­co esfor­ço e dor — e pou­co dinhei­ro.

Há vári­os mal-enten­di­dos sob os quais as pes­so­as tra­ba­lham se acre­di­tam ter esco­lhi­do o sham­poo cer­to. Quando um xam­pu espu­ma bem, algu­mas pes­so­as acham que é o melhor por­que dá-lhes cabe­lo real­men­te lim­po — o que não é ver­da­de. Espuma exces­si­va sig­ni­fi­ca que o sham­poo é mui­to duro para o cabe­lo e pro­mo­ve a que­da de cabe­lo em vez de que­da de cabe­lo.

Shampoos com sur­fac­tan­tes devem ser evi­ta­dos; é o pro­du­to quí­mi­co que pro­duz toda a espu­ma boni­ta que não é real­men­te bom para nós. Tente encon­trar xam­pus sem esse ingre­di­en­te. Os melho­res sham­po­os devem pre­ve­nir a que­da de cabe­lo, por isso os ingre­di­en­tes devem coin­ci­dir com esse pen­sa­men­to. Saw pal­me­ta é um bom ingre­di­en­te para sham­po­os — blo­queia o hormô­nio DHT, que cau­sa que­da de cabe­lo. O que exa­ta­men­te o DHT faz? Causa um enco­lhi­men­to dos folí­cu­los capi­la­res, que even­tu­al­men­te mor­rem, cau­san­do que­da de cabe­lo e final­men­te cal­ví­cie. Nettle Bay é outro ingre­di­en­te útil para um sham­poo, e alguns óle­os essen­ci­ais tam­bém aju­dam. Lavanda, por exem­plo, aju­da a esti­mu­lar um novo cres­ci­men­to.

Não há um úni­co estu­do que pro­ve que um sham­poo já aju­dou con­tra a que­da de cabe­lo!

Na rea­li­da­de, não há estu­dos que pro­vem que sham­po­os são efi­ca­zes con­tra a que­da de cabe­lo para evi­tar a que­da de cabe­lo. Shampoos cer­ta­men­te não aju­dam nos casos em que a que­da de cabe­lo é her­da­da ou cau­sa­da por alte­ra­ções hor­mo­nais. Nem sham­po­os aju­dam se uma deter­mi­na­da dro­ga desen­ca­deia a que­da de cabe­lo. Por isso, é mui­to impor­tan­te con­sul­tar um médi­co para deter­mi­nar a ver­da­dei­ra cau­sa do pro­ble­ma e tra­tar a cau­sa, em vez de ape­nas ten­tar tra­tar os sin­to­mas.

Um der­ma­to­lo­gis­ta pode aju­dar com con­se­lhos sobre os melho­res sham­po­os que podem ser usa­dos para evi­tar mai­or que­da de cabe­lo.

Dicas ayurvédicas para manter o cabelo luxuoso e saudável

Ayurveda ou Ayurweda é uma arte tra­di­ci­o­nal de cura indi­a­na que ain­da tem mui­tos usuá­ri­os na Índia, Nepal e Sri Lanka. Na Ásia, espe­ci­al­men­te na Índia, Ayurveda tam­bém é cien­ti­fi­ca­men­te ensi­na­da como méto­do de cura e acei­ta pela popu­la­ção.

Por que algu­mas mulhe­res gos­tam de cres­ci­men­to luxu­o­so de cabe­lo enquan­to outras não? A gené­ti­ca desem­pe­nha um papel impor­tan­te no tipo de cabe­lo com o qual nas­ce­mos. No entan­to, inde­pen­den­te­men­te do tipo de cabe­lo com o que esta­mos equi­pa­dos natu­ral­men­te, é pos­sí­vel des­fru­tar de uma cabe­ça de cabe­lo gros­sa e sau­dá­vel apli­can­do algu­mas dicas tra­di­ci­o­nais da anti­ga prá­ti­ca ayur­vé­di­ca para man­ter o cabe­lo em vez de per­dê-lo.

  • A nutri­ção é um dos aspec­tos impor­tan­tes do cabe­lo sau­dá­vel; os dois estão inti­ma­men­te liga­dos. Uma die­ta rica em vege­tais ver­des, fru­tas fres­cas, lati­cí­ni­os, pei­xes gor­du­ro­sos, nozes e semen­tes aju­da a man­ter os nutri­en­tes neces­sá­ri­os para cabe­los sau­dá­veis.
  • O estres­se pode levar à que­da de cabe­lo, per­da de pig­men­to de cabe­lo e pro­ble­mas de saú­de. Não é fácil se livrar do estres­se em situ­a­ções trau­má­ti­cas da vida, mas temos que ten­tar. Técnicas de medi­ta­ção, res­pi­ra­ção e rela­xa­men­to, bem como exer­cí­ci­os podem aju­dar a ali­vi­ar o estres­se. Envolva-se em hob­bi­es espe­cí­fi­cos como jar­di­na­gem, cos­tu­ra, tra­ba­lho volun­tá­rio, etc. Quando toma­mos tem­po para fazer as coi­sas pelos outros, ten­de­mos a esque­cer nos­sos pró­pri­os pro­ble­mas, o que leva a uma redu­ção do nível de estres­se sob o qual tra­ba­lha­mos.
  • Alimentos refi­na­dos e ali­men­tos enla­ta­dos não podem aju­dá-lo a se man­ter sau­dá­vel por­que eles estão con­ta­mi­na­dos com todos os pro­du­tos quí­mi­cos, outros adi­ti­vos e con­ser­van­tes. Esses ali­men­tos não têm ali­men­tos natu­rais dis­po­ní­veis para o cor­po. Evite bebi­das gela­das, pois ini­bem a diges­tão e a absor­ção de nutri­en­tes.
  • Existem cer­tos ingre­di­en­tes que você pode adi­ci­o­nar ao cozi­men­to e são con­si­de­ra­dos ami­gá­veis para o cabe­lo. Cúrcuma, pimen­ta pre­ta e comi­nho são algu­mas das espe­ci­a­ri­as que você pode adi­ci­o­nar. Tente assar espe­ci­a­ri­as e moê-las em pó; adi­ci­o­ná-lo ao iogur­te para con­su­mo diá­rio e, final­men­te, para cabe­los sau­dá­veis.
  • Há uma série de ervas ayur­vé­di­cas conhe­ci­das por suas pro­pri­e­da­des de cui­da­dos capi­la­res, habi­li­da­des de redu­ção de estres­se e efei­tos de equi­lí­brio. Brahmi ou Gotu Kola, Eclipta Alba e mui­tos outros estão dis­po­ní­veis em clí­ni­cas e lojas de medi­ci­na alter­na­ti­va.
  • Massageie o cou­ro cabe­lu­do pelo menos duas vezes por sema­na com óleo quen­te para esti­mu­lar o cou­ro cabe­lu­do e hidra­tá-lo. Coco, amên­doa ou azei­te são uma boa esco­lha. Aplique o óleo massageando‑o sua­ve­men­te no cou­ro cabe­lu­do, depois deixe‑o agir por algu­mas horas antes de usar um sham­poo de ervas pura­men­te natu­ral para remo­ver o óleo. A mas­sa­gem da cabe­ça com óleo tem a van­ta­gem adi­ci­o­nal que tam­bém con­tri­bui para o rela­xa­men­to.

Principais dicas para problemas de queda de cabelo

A que­da de cabe­lo não pre­ci­sa neces­sa­ri­a­men­te ser tra­ta­da como uma doen­ça, mas não pode­mos mini­mi­zar o gran­de sofri­men­to que cau­sa aos indi­ví­du­os. Se você está na misé­ria por cau­sa da que­da de cabe­lo, você pode enten­der melhor por que é tão dolo­ro­so. Vamos falar sobre como a que­da de cabe­lo acon­te­ce e como parar a que­da de cabe­lo.

No sen­ti­do tra­di­ci­o­nal, a que­da de cabe­lo está asso­ci­a­da a mui­ta nega­ti­vi­da­de; no sub­cons­ci­en­te, ele está asso­ci­a­do com o enve­lhe­ci­men­to e a per­da de sua pró­pria bele­za. A que­da pre­ma­tu­ra de cabe­lo pode real­men­te cau­sar um gran­de alvo­ro­ço emo­ci­o­nal a uma pes­soa e pode levar à depres­são e reti­ra­da dos cír­cu­los soci­ais.

As seguin­tes dicas sele­ci­o­na­das têm sido usa­das efe­ti­va­men­te para parar a que­da de cabe­lo, mas deve-se lem­brar que o que fun­ci­o­na para uma pes­soa não neces­sa­ri­a­men­te fun­ci­o­na para outras.

Você enxa­gua seu cor­po? Precisamos de mui­ta água todos os dias para livrar o cor­po das toxi­nas que se acu­mu­lam den­tro de nós. Todos nós sabe­mos sobre os 8 copos pres­cri­tos por dia; é per­fei­ta­men­te cer­to exce­der este núme­ro. Toxinas são res­pon­sá­veis por gran­de par­te dos pro­ble­mas de que­da de cabe­lo. A água fil­tra­da não con­tém ele­men­tos como chum­bo ou clo­ro; isso é neces­sá­rio para cabe­los sau­dá­veis.

Tome uma pílu­la mul­ti­vi­ta­mí­ni­co dia­ri­a­men­te: A que­da seve­ra de cabe­lo pode ser uma cla­ra indi­ca­ção de que há uma série de nutri­en­tes fal­tan­do em seu sis­te­ma. Juntamente com uma die­ta equi­li­bra­da, tam­bém pre­ci­sa­mos de alguns suple­men­tos vita­mí­ni­cos para cor­ri­gir rapi­da­men­te as defi­ci­ên­ci­as. Quanto mais tem­po os defei­tos no cor­po per­ma­ne­cem, pior o pro­ble­ma de que­da de cabe­lo se tor­na. Os pre­pa­ra­ti­vos mul­ti­vi­ta­mí­ni­cos podem ser adqui­ri­dos em qual­quer refor­ma ou far­má­cia. Você pode falar com o seu médi­co antes de com­prar os com­pri­mi­dos para des­co­brir o que é melhor para você.

Para a mai­o­ria das pes­so­as, é difí­cil: redu­zir a cafeí­na. A cafeí­na age como um diu­ré­ti­co que faz com que você vá ao banhei­ro com mais frequên­cia, com o resul­ta­do de que você libe­ra mais flui­do do que é neces­sá­rio. Isso leva à desi­dra­ta­ção; uma con­di­ção que mui­tos de nós nem sequer sabe­mos, que por sua vez afe­ta o cabe­lo. Limite a inges­tão de cafeí­na e substitua‑a por uma xíca­ra de chá de ervas ou água sim­ples.

Dicas de conclusão para problemas de queda de cabelo:

Quando os nutri­en­tes do cor­po não são sufi­ci­en­tes para rea­li­zar sua tare­fa, o dese­qui­lí­brio afe­ta vári­as fun­ções no cor­po, incluin­do a for­ma como o cabe­lo cres­ce. Folículos dani­fi­ca­dos cau­sa­dos pela má ali­men­ta­ção levam à que­da de cabe­lo.

Causas de manchas carecas em mulheres

Nas mulhe­res, a que­da de cabe­lo rara­men­te ocor­re na for­ma de man­chas ou man­chas care­cas. No entan­to, isso não sig­ni­fi­ca que nun­ca ocor­re­rá, por­que exis­tem con­di­ções que podem cau­sar isso. Nas mulhe­res, a que­da de cabe­lo na for­ma de man­chas pode ocor­rer devi­do a doen­ças ou outras cau­sas. Esse pro­ble­ma é raro nas mulhe­res, mas quan­do ocor­re, geral­men­te ocor­re duran­te a meno­pau­sa ou logo após o iní­cio da meno­pau­sa.

O seguin­te des­cre­ve os dife­ren­tes tipos de que­da de cabe­lo e as cau­sas nas mulhe­res.

Alopecia androgênica

Esse tipo de que­da de cabe­lo é comum em homens e é refe­ri­do como cal­ví­cie mas­cu­li­na. Apesar do nome, as mulhe­res tam­bém podem expe­ri­men­tar um tipo seme­lhan­te de padrão care­ca, no qual o cabe­lo afi­na for­te­men­te e man­chas care­cas apa­re­cem em cima do cou­ro cabe­lu­do e tam­bém nas late­rais. A que­da de cabe­lo é cau­sa­da pelo hormô­nio DHT, que blo­queia os folí­cu­los capi­la­res e faz com que os cabe­los enco­lham efi­nem.

A que­da de cabe­lo pode ser gené­ti­ca ou devi­do ao alto nível de andró­ge­nos cir­cu­lan­tes cau­sa­dos por outra doen­ça. Nas mulhe­res, a sín­dro­me do ová­rio poli­cís­ti­co, meno­pau­sa, gra­vi­dez, medi­ca­men­tos anti­con­cep­ci­o­nais e peri-meno­pau­sa podem cau­sar esse tipo de cal­ví­cie.

Tratamento da alopecia androgênica

A FDA apro­vou o Minoxidil para o tra­ta­men­to de man­chas care­cas; é uma apli­ca­ção atu­al e é usa­do para tra­tar a que­da de cabe­lo andro­gê­ni­co. Existem outros medi­ca­men­tos e alguns cor­ti­cos­te­roi­des que os médi­cos podem reco­men­dar para tra­tar o pro­ble­ma.

Alopecia Areata

A alo­pe­cia are­a­ta é outro tipo de que­da de cabe­lo que afe­ta mulhe­res e homens; cau­sa cal­ví­cie nos pon­tos do cou­ro cabe­lu­do. Este tipo de que­da de cabe­lo é mui­to repen­ti­no e a for­ma da man­cha é geral­men­te redon­da. Os folí­cu­los capi­la­res são aci­den­tal­men­te ata­ca­dos pelo sis­te­ma imu­no­ló­gi­co do cor­po. Do pon­to de vis­ta da pes­soa em ques­tão, este é um erro bas­tan­te caro! A boa notí­cia é que o pro­ble­ma é tem­po­rá­rio, des­de que a cau­sa seja ime­di­a­ta­men­te iden­ti­fi­ca­da e tra­ta­da. O cres­ci­men­to capi­lar geral­men­te aumen­ta de vol­ta ao nor­mal, e em alguns casos tam­bém pode ocor­rer sem tra­ta­men­to.

Alopecia Areata tratamento

Injeções e cre­mes de este­roi­des, mino­xi­dil e ciclos­po­ri­na, bem como outros tra­ta­men­tos podem ser reco­men­da­dos pelo médi­co para o tra­ta­men­to de alo­pe­cia are­a­ta.

Os tra­ta­men­tos vari­am depen­den­do do tipo de pro­ble­ma, da ver­da­dei­ra razão da cal­ví­cie da pes­soa e do esta­do de saú­de da pes­soa. Por exem­plo, uma infec­ção fún­gi­ca no cou­ro cabe­lu­do requer um tipo dife­ren­te de tra­ta­men­to, como dro­gas anti­fún­gi­cas ade­qua­das.

Você pode aju­dar a si mes­mo man­ten­do uma die­ta equi­li­bra­da e beben­do mui­ta água. Certifique-se de mover pelo menos três a qua­tro vezes por sema­na.

Mude seu estilo de vida para manter seu cabelo

Em um mun­do de luxo exces­si­vo e com­pla­cên­cia, mui­tas vezes ten­de­mos a gas­tar mui­to. Isso, por sua vez, leva a uma série de pro­ble­mas de saú­de, por­que seja­mos hones­tos: mui­to do bem é real­men­te mui­to ruim. Tome-se, por exem­plo, a comi­da, o ham­búr­guer oca­si­o­nal é bom, um pou­co de autoin­dul­gên­cia pode fazer você feliz. Mas engo­lir junk food todos os dias só leva­rá à obe­si­da­de, o que, por sua vez, cau­sa mui­tos outros pro­ble­mas de saú­de. Então você tem acne e pele man­cha­da de toda a gor­du­ra; Problemas diges­ti­vos por ten­tar dige­rir sobre­car­ga de gor­du­ra, e assim a lis­ta con­ti­nua.

Em algum momen­to, maus hábi­tos ali­men­ta­res afe­ta­rão nos­so cabe­lo por­que o cor­po tem que absor­ver nutri­en­tes e entre­gá-los ao cou­ro cabe­lu­do. Sem nutri­en­tes, as raí­zes mor­rem e o cabe­lo cai. Os sham­po­os ou tra­ta­men­tos capi­la­res mais caros não fun­ci­o­na­rão.

Entre todas as dro­gas sofis­ti­ca­das, tra­ta­men­tos a laser, trans­plan­tes capi­la­res e outras for­mas de tra­ta­men­to, há um tipo bási­co de tra­ta­men­to que pre­fe­ri­mos igno­rar. Fazer mudan­ças em nos­so esti­lo de vida — esta é real­men­te uma manei­ra mui­to efi­caz de tra­tar. Por exem­plo, se você tem um tra­ba­lho extre­ma­men­te estres­san­te que te assus­ta mui­to e tira o estô­ma­go do estres­se, não acha que é hora de pro­cu­rar um novo empre­go? Nenhum tra­ba­lho vale tan­ta misé­ria. E como você será capaz de tra­ba­lhar se você ficar doen­te? Se sofre­mos dia após dia por estres­se, deve ter uma vál­vu­la em algum lugar, e a vál­vu­la dese­ja­da é mui­tas vezes o seu cabe­lo.

O con­su­mo exces­si­vo de álco­ol, o taba­gis­mo e o uso de dro­gas even­tu­al­men­te levam a um colap­so com­ple­to das fun­ções cor­po­rais. Essa deca­dên­cia tam­bém inclui seu cabe­lo. O álco­ol impe­de que nutri­en­tes impor­tan­tes che­guem aos folí­cu­los, fazen­do com que o cabe­lo mor­ra e falhe. Devido à fal­ta de nutri­ção ade­qua­da, nenhum novo cabe­lo pode cres­cer.

Tanto o estres­se exces­si­vo quan­to as defi­ci­ên­ci­as nutri­ci­o­nais podem levar à que­da de cabe­lo. Existem vári­os óle­os essen­ci­ais, como ale­crim ou sál­via, que podem ser usa­dos para mas­sa­ge­ar o cou­ro cabe­lu­do para nutrir o cabe­lo e esti­mu­lar o cres­ci­men­to capi­lar. Ainda mais impor­tan­te é se livrar de hábi­tos de vício que só levam a cabe­los dani­fi­ca­dos é a melhor opção. Reduza o con­su­mo de álco­ol, jogue fora os cigar­ros e come­ce com uma die­ta sau­dá­vel que for­ne­ça ao cor­po todos os nutri­en­tes essen­ci­ais.

Lidar com a queda de cabelo em mulheres jovens

A que­da de cabe­lo já é ruim o sufi­ci­en­te à medi­da que enve­lhe­ce­mos, mas é real­men­te impen­sá­vel que isso acon­te­ça em uma ida­de jovem. Infelizmente, acon­te­ce com algu­mas mulhe­res e homens jovens. Os caras, é cla­ro, têm sua arma­du­ra machis­ta que eles podem cair de vol­ta. Mulheres jovens têm um momen­to mui­to difí­cil. Amigos podem ser cruéis, e alguns deles podem secre­ta­men­te se ale­grar com seu infor­tú­nio, e isso pode acon­te­cer mui­to rapi­da­men­te. Se você está lutan­do com per­gun­tas sobre o que fazer, por favor, con­ti­nue len­do para encon­trar algu­mas infor­ma­ções úteis.

Talvez você tenha tido a expe­ri­ên­cia inde­se­ja­da de que seu mun­do per­fei­to foi des­truí­do encon­tran­do uma mas­sa de cabe­lo em seu tra­ves­sei­ro! Você ime­di­a­ta­men­te sen­te sua cabe­ça, mas o cabe­lo pare­ce estar lá. Na pró­xi­ma sema­na, a mes­ma coi­sa acon­te­ce cada vez mais fre­quen­te­men­te. Seu cora­ção está ace­le­ra­do, e você come­ça a ima­gi­nar que você tem uma cal­ví­cie, e é por isso que você pro­va­vel­men­te se encon­tra pre­so na fábu­la infan­til como Rapunzel.

Tentar ilus­trar a situ­a­ção não pode esca­par da assus­ta­do­ra rea­li­da­de de jovens mulhe­res per­den­do o cabe­lo. Por que isso acon­te­ce comi­go?” é pro­va­vel­men­te a per­gun­ta uni­ver­sal que todas as jovens com que­da de cabe­lo se per­gun­tam. Queremos dis­cu­tir por que a que­da de cabe­lo ocor­re em mulhe­res jovens. Mas antes de fazer­mos isso, que­re­mos tra­tar algo posi­ti­vo: como tra­tar a que­da de cabe­lo em mulhe­res jovens.

O tra­ta­men­to é geral­men­te deci­di­do com base na cau­sa do pro­ble­ma. Uma defi­ci­ên­cia de nutri­en­tes pode ser reme­di­a­da, por exem­plo, alte­ran­do a die­ta e toman­do um suple­men­to vita­mí­ni­co para for­ne­cer os nutri­en­tes per­di­dos.

Em caso de trau­ma ou estres­se, uma ses­são de tera­pia com um espe­ci­a­lis­ta pode aju­dar a deter­mi­nar as cau­sas bási­cas do estres­se. Uma vez iden­ti­fi­ca­das as cau­sas, medi­das apro­pri­a­das podem ser toma­das para liber­tar a pes­soa da situ­a­ção de estres­se ou para remo­ver o estres­se da vida. Trauma é algo que acon­te­ce e nós vive­mos; não pode ser eli­mi­na­do, mas pode­mos apren­der a lidar com os efei­tos devas­ta­do­res.

Massagens capi­la­res regu­la­res são mui­to úteis para aju­dar o san­gue a cir­cu­lar mais livre­men­te. A melho­ra da cir­cu­la­ção san­guí­nea leva a um melhor cres­ci­men­to capi­lar. Dependendo da gra­vi­da­de do pro­ble­ma, exis­tem cre­mes e loções tópi­cos, medi­ca­men­tos, for­mas de tecer o cabe­lo e trans­plan­tar cabe­los para tra­tar o pro­ble­ma.

tra­çar as cau­sas; estes podem vari­ar de trau­ma, estres­se, defi­ci­ên­ci­as nutri­ci­o­nais, dese­qui­lí­bri­os hor­mo­nais, doen­ças e infec­ções. Existem mui­tas outras cau­sas, como cau­sas here­di­tá­ri­as e rea­ções a cer­tos medi­ca­men­tos.

Vitaminas essenciais para manter a estrutura capilar

Queda de cabe­lo, até o ter­mo nos faz estre­me­cer — mes­mo com uma vagem gros­sa nos sen­ti­mos um pou­co ansi­o­sos com a ideia de que­da de cabe­lo. Para algu­mas pes­so­as, não é ape­nas medo, mas infe­liz­men­te tam­bém uma rea­li­da­de. É real­men­te uma coi­sa hor­rí­vel quan­do você come­ça a per­der o cabe­lo. Isso pode acon­te­cer em qual­quer ida­de e por mui­tas razões dife­ren­tes. Às vezes, no final, os médi­cos nos frus­tram ape­nas com a lon­ga lis­ta de pos­si­bi­li­da­des que eles nos acu­sam. Sério, se explo­rar­mos a lis­ta, pode­mos ser mui­to velhos e a cal­ví­cie não será mais um pro­ble­ma!

A que­da de cabe­lo está se tor­nan­do mais comum à medi­da que mais e mais pes­so­as têm pro­ble­mas com a que­da de cabe­lo em dife­ren­tes está­gi­os de suas vidas. Pessoas mui­to jovens e até ado­les­cen­tes podem expe­ri­men­tar que­da de cabe­lo. Uma das prin­ci­pais razões pelas quais as pes­so­as sofrem de que­da de cabe­lo, além de razões gené­ti­cas, é a fal­ta de vita­mi­nas impor­tan­tes no cor­po.

Quando come­mos, as vita­mi­nas dos ali­men­tos são absor­vi­das pelo cor­po e pas­sa­das para as vári­as par­tes do cor­po. As vita­mi­nas são usa­das para a nutri­ção dire­ci­o­na­da e for­ta­le­ci­men­to de dife­ren­tes par­tes do cor­po e de todo o cor­po. O pro­ble­ma da que­da de cabe­lo sur­ge quan­do a capa­ci­da­de do cor­po de absor­ver nutri­en­tes dos ali­men­tos é pre­ju­di­ca­da. Quando esse pro­ble­ma ocor­rer, os médi­cos pri­mei­ro deter­mi­na­rão o que está cau­san­do o blo­queio da inges­tão de nutri­en­tes. Quando o cor­po per­de sua capa­ci­da­de de absor­ver vita­mi­nas e mine­rais, suple­men­tos ali­men­ta­res são pres­cri­tos em pílu­la ou for­ma tôni­ca para res­tau­rar o equi­lí­brio de nutri­en­tes no cor­po.

Uma das van­ta­gens das vita­mi­nas para o cabe­lo é o blo­queio da pro­du­ção de dihi­dro­tes­tos­te­ro­na (DHT), que é o prin­ci­pal moti­vo para a que­da de cabe­lo. As vita­mi­nas tam­bém revi­go­ram os folí­cu­los capi­la­res dani­fi­ca­dos, ali­men­tam o cou­ro cabe­lu­do, curam infec­ções e pro­mo­vem o cres­ci­men­to capi­lar.

  • Vitaminas B são essen­ci­ais para a pre­ven­ção da que­da de cabe­lo. O áci­do fóli­co per­ten­ce ao gru­po de vita­mi­nas B e leva ao cin­za pre­ma­tu­ro do cabe­lo em caso de defi­ci­ên­cia. As vita­mi­nas B são abun­dan­tes em ali­men­tos natu­rais como cou­ve-flor, ovos, ervi­lhas e fei­jões.
  • A vita­mi­na C é mui­to útil para aumen­tar a cir­cu­la­ção san­guí­nea no cou­ro cabe­lu­do e para garan­tir que os folí­cu­los sejam ade­qua­da­men­te for­ne­ci­dos com nutri­en­tes. A dose diá­ria reco­men­da­da para nós é de 2000 mgs.
  • A bio­ti­na é neces­sá­ria para man­ter o cabe­lo e a pele sau­dá­veis; pode aju­dar na pre­ven­ção ou desa­ce­le­ra­ção da cal­ví­cie de acor­do com o padrão mas­cu­li­no. Pode ser encon­tra­do em semen­tes de giras­sol, soja, len­ti­lha, nozes, aveia e ervi­lhas ver­des.
  • A vita­mi­na E é neces­sá­ria para melho­rar a saú­de do cou­ro cabe­lu­do, oxi­ge­nar o san­gue e pro­mo­ver a cir­cu­la­ção san­guí­nea.

Pesquisa sobre remédios para queda de cabelo

Tomando cabe­lo mais fino ou tal­vez cain­do leva­rá sua vida em con­ta e cau­sa­rá estres­se e pre­o­cu­pa­ção cons­tan­te. Sabemos que nin­guém gos­ta de per­der o cabe­lo, e que­re­mos aju­dá-lo a enten­der o que acon­te­ce com sua coro­a­ção.

À medi­da que mais e mais pro­du­tos para cui­da­dos capi­la­res che­gam ao mer­ca­do e a ren­da e os padrões de vida aumen­tam, as pes­so­as mui­tas vezes expe­ri­men­tam novos pro­du­tos para dei­xar o cabe­lo mais boni­to. A tele­vi­são e os fil­mes são moti­va­do­res pode­ro­sos para nos fazer pare­cer boni­tos. Quando vemos uma mulher boni­ta anun­ci­an­do pro­du­tos para cui­da­dos capi­la­res, rara­men­te pen­sa­mos que que­re­mos o visu­al mais do que o pro­du­to em si.

A que­da de cabe­lo tor­nou-se uma indús­tria mui­to gran­de hoje; Pessoas de todas as ida­des sofrem com a que­da de cabe­lo e estão pro­cu­ran­do solu­ções ime­di­a­tas. Alopecia ou cal­ví­cie podem ata­car qual­quer um a qual­quer momen­to. Muito sim­ples­men­te, uma cal­ví­cie sur­ge quan­do os folí­cu­los capi­la­res param de pro­du­zir cabe­lo.

Existem dife­ren­tes tipos de que­da de cabe­lo do tipo pro­gres­si­vo onde a mai­o­ria dos homens come­ça a obter uma cal­ví­cie de fren­te para os lados e de cabe­ça para bai­xo. Outro tipo de que­da de cabe­lo é a que­da de cabe­lo em pon­tos que podem ocor­rer em homens ou mulhe­res devi­do a um dese­qui­lí­brio hor­mo­nal ou medi­ca­ção dura. A for­ma mais gra­ve é a que­da total do cabe­lo; não se sabe ao cer­to se fato­res here­di­tá­ri­os estão envol­vi­dos. A ciên­cia moder­na ain­da está tra­ba­lhan­do nes­te pro­ble­ma.

O mito de que pes­so­as mui­to inte­li­gen­tes mui­tas vezes têm uma cal­ví­cie é ape­nas isso — um mito. Há vári­as razões pelas quais as pes­so­as podem come­çar a per­der cabe­lo, mas um exces­so no depar­ta­men­to cere­bral não é a cau­sa da que­da de cabe­lo. Especialistas em que­da de cabe­lo fre­quen­te­men­te afir­mam que o estres­se exces­si­vo pode levar à que­da de cabe­lo. Isso pode ser ver­da­de por­que mui­to estres­se leva a outros pro­ble­mas no cor­po. Por exem­plo, o estres­se atra­vés da pre­o­cu­pa­ção cons­tan­te pode levar à per­da de ape­ti­te. Se o cou­ro cabe­lu­do não rece­ber o ali­men­to neces­sá­rio, o cabe­lo não pode cres­cer cor­re­ta­men­te.

A obses­são pelo cabe­lo e sua que­da já foi incor­po­ra­da à his­tó­ria pelos anti­gos egíp­ci­os e gre­gos. Nenhuma solu­ção real foi encon­tra­da para curar total­men­te a cal­ví­cie. Graças aos enor­mes avan­ços na ciên­cia médi­ca, ago­ra temos tra­ta­men­tos a laser e cirur­gia de trans­plan­te capi­lar para cor­ri­gir uma situ­a­ção ruim.

A que­da de cabe­lo não ocor­re sem um pro­ble­ma sub­ja­cen­te; uma con­sul­ta com um médi­co é neces­sá­ria para des­co­brir qual é o ver­da­dei­ro pro­ble­ma. Normalmente, ao tra­tar o pro­ble­ma real, a que­da de cabe­lo tam­bém é eli­mi­na­da.

Encontrando ajuda com a queda de cabelo

A que­da de cabe­lo requer tem­po e paci­ên­cia para inves­ti­gar satis­fa­to­ri­a­men­te o pro­ble­ma e tra­tá-lo ade­qua­da­men­te. No entan­to, não deve­mos ser mui­to com­pla­cen­tes, por­que a que­da de cabe­lo pode ser um sinal de aler­ta pre­co­ce de um pro­ble­ma médi­co sério. É segu­ro dizer que a que­da de cabe­lo é fre­quen­te­men­te cau­sa­da por um pro­ble­ma sub­ja­cen­te. Um médi­co é a melhor pes­soa para con­sul­tar para deter­mi­nar a ver­da­dei­ra cau­sa da que­da de cabe­lo.

Já que o pri­mei­ro pas­so é des­co­brir por que seu cabe­lo cai, reco­men­da-se não per­der tem­po pro­cu­ran­do aju­da médi­ca. Existem mui­tas cau­sas dife­ren­tes de que­da de cabe­lo que podem ser tem­po­rá­ri­as ou per­ma­nen­tes. Alguns pro­ble­mas de que­da de cabe­lo reque­rem tra­ta­men­to médi­co, outros não. As cau­sas da que­da de cabe­lo, que mui­tas vezes são encon­tra­das como a cau­sa do pro­ble­ma, inclu­em medi­ca­ção, gené­ti­ca, die­ta, uso exces­si­vo de tra­ta­men­tos capi­la­res duros, doen­ças, hábi­tos vici­an­tes e estres­se.

Um dos mais comuns e ino­fen­si­vos (exce­to o ego) de todos os pro­ble­mas de que­da de cabe­lo é a cal­ví­cie mas­cu­li­na. Nenhum tra­ta­men­to médi­co é reco­men­da­do para este tipo de pro­ble­ma. O pro­ble­ma não tem suas raí­zes em uma con­di­ção médi­ca. Os médi­cos geral­men­te reco­men­dam tra­ta­men­tos comer­ci­ais de res­tau­ra­ção capi­lar, uma peru­ca ou um trans­plan­te capi­lar.

Para alguns tipos de que­da de cabe­lo cau­sa­da por nos­sas pró­pri­as ações, há um remé­dio mui­to sim­ples. Pare o efei­to e dê tem­po aos folí­cu­los capi­la­res para curar e recu­pe­rar a for­ça. O cabe­lo vai parar de cair assim que os folí­cu­los esti­ve­rem sau­dá­veis o sufi­ci­en­te. Muitos tra­ta­men­tos capi­la­res usan­do pro­du­tos quí­mi­cos duros só são usa­dos para dani­fi­car os folí­cu­los e parar o cres­ci­men­to capi­lar. Da mes­ma for­ma, o con­su­mo exces­si­vo de álco­ol e cafeí­na pode impe­dir o cres­ci­men­to capi­lar e levar à que­da de cabe­lo. A que­da de cabe­lo cau­sa­da pela gra­vi­dez e pelo par­to deve-se a alte­ra­ções hor­mo­nais no cor­po, que se dis­sol­vem auto­ma­ti­ca­men­te após o nas­ci­men­to da cri­an­ça.

Existem algu­mas cau­sas de que­da de cabe­lo que reque­rem tra­ta­men­to médi­co para parar ou rever­ter o pro­ble­ma. Por exem­plo, se você tem um pro­ble­ma de tire­oi­de, ou ane­mia, febre alta, infec­ções, etc., ape­nas um médi­co pode pres­cre­ver o tra­ta­men­to cer­to. Primeiro, a doen­ça deve ser tra­ta­da e com­ple­ta­men­te cura­da. Normalmente, o pro­ble­ma da que­da de cabe­lo resol­ve-se assim que a doen­ça sub­ja­cen­te é tra­ta­da. Somente em casos raros é neces­sá­rio mais tra­ta­men­to.

Algumas pes­so­as optam por pro­cu­rar aju­da médi­ca se a que­da de cabe­lo não é um pro­ble­ma médi­co que o cau­sa. Esse tipo de que­da de cabe­lo pode ser per­ma­nen­te e logo se tor­nar per­cep­tí­vel e emba­ra­ço­so. Tratamentos de res­tau­ra­ção capi­lar podem ser a melhor opção nes­ses casos.

Injeções de folículo para tratar a queda de cabelo

Queda de cabe­lo é um ter­mo que ouvi­mos cada vez mais. O pro­ble­ma afe­ta homens e mulhe­res de dife­ren­tes ida­des devi­do a vári­os fato­res. Existem vári­os tipos de tra­ta­men­tos, incluin­do pro­ce­di­men­tos cirúr­gi­cos, que têm uma boa taxa de suces­so. No entan­to, se você não esti­ver mui­to inte­res­sa­do em um pro­ce­di­men­to cirúr­gi­co mais lon­go, você pode optar por um tra­ta­men­to de inje­ção de folí­cu­lo base­a­do no novo tra­ta­men­to após o pro­ce­di­men­to de clo­ne. Esse tipo de tra­ta­men­to ain­da não está dis­po­ní­vel para o públi­co, mas está se tor­nan­do um ven­ce­dor quan­do se tra­ta de res­pi­rar uma nova vida em cabe­los tin­gi­dos.

As inje­ções de folí­cu­lo são base­a­das em dois tra­ta­men­tos mais anti­gos em que o cabe­lo é trans­plan­ta­do do pró­prio cor­po ou de outra pes­soa. O trans­plan­te de pelos do cor­po no cou­ro cabe­lu­do nem sem­pre foi bem suce­di­do; Os pelos do cor­po não pros­pe­ram bem no cou­ro cabe­lu­do, que é pro­va­vel­men­te a razão pela qual eles cres­cem bem no cor­po. O segun­do méto­do tam­bém não é mui­to bem suce­di­do, pois há um alto ris­co de rejei­ção no teci­do trans­plan­ta­do.

A inje­ção de folí­cu­lo é base­a­da no con­cei­to de trans­plan­te ante­ri­or, mas usa o pró­prio cabe­lo, então pra­ti­ca­men­te não há ris­co de rejei­ção. Esse tipo de tra­ta­men­to só fun­ci­o­na em pes­so­as que têm pelo menos uma peque­na por­cen­ta­gem de folí­cu­los sau­dá­veis que ain­da pro­du­zem cabe­los.

Os folí­cu­los inclu­em uma série de tipos de célu­las dife­ren­tes, e clo­nar alguns deles é pos­sí­vel. Folículos capi­la­res sau­dá­veis são reti­ra­dos do cou­ro cabe­lu­do da pes­soa para tra­ta­men­to. Embora nem todo o folí­cu­lo pos­sa ser recons­truí­do, par­te dos andai­mes pode ser cons­truí­da de tal for­ma que o cou­ro cabe­lu­do é cau­sa­do para com­ple­tar o pro­ces­so.

Várias célu­las podem ser cul­ti­va­das em labo­ra­tó­rio a par­tir de um folí­cu­lo doa­dor. Uma vez que as célu­las estão pron­tas, elas são inje­ta­das no cou­ro cabe­lu­do. A des­van­ta­gem do tra­ta­men­to é que cada andai­me folí­cu­lo deve ser inje­ta­do indi­vi­du­al­men­te no cou­ro cabe­lu­do no local onde deve­ria estar loca­li­za­do. Estamos falan­do de pro­va­vel­men­te cen­te­nas de inje­ções para obter cober­tu­ra ade­qua­da de um pon­to care­ca. Pode ser con­si­de­ra­da uma tatu­a­gem no cou­ro cabe­lu­do por­que as inje­ções não pene­tram pro­fun­da­men­te.

O tra­ta­men­to geral­men­te é rea­li­za­do em vári­as ses­sões devi­do ao núme­ro de inje­ções. O cou­ro cabe­lu­do vai coçar mui­to for­te­men­te depois de tan­tos gol­pes, mas você não pode se coçar. Tome um pou­co de para­ce­te­mol para con­tro­lar a cocei­ra. Folículos geral­men­te levam alguns dias para se acos­tu­mar em sua nova casa, se acos­tu­mar com o ambi­en­te e, em segui­da, come­çar a pro­du­ção de cabe­lo.

Alimentos que ajudam você a manter seu cabelo

Há uma série de fato­res que levam à que­da de cabe­lo, incluin­do má ali­men­ta­ção, doen­ça da tire­oi­de, medi­ca­ção, pro­ble­mas hor­mo­nais e qui­mi­o­te­ra­pia. Você já notou que em algu­mas cul­tu­ras as pes­so­as têm um cres­ci­men­to capi­lar mui­to luxu­o­so com pro­ble­mas limi­ta­dos de que­da de cabe­lo? Na soci­e­da­de oci­den­tal, o pro­ble­ma da que­da de cabe­lo é bas­tan­te difun­di­do por­que a die­ta que as pes­so­as comem care­ce de nutri­en­tes essen­ci­ais. Comer demais não é uma solu­ção, pois os nutri­en­tes ain­da podem ser extraí­dos do cor­po.

O cor­po pre­ci­sa de um gran­de núme­ro de vita­mi­nas, mine­rais, áci­dos gra­xos e fito­nu­tri­en­tes para des­fru­tar de uma boa saú­de. Os ali­men­tos que come­mos deter­mi­nam o quão sau­dá­vel é o cres­ci­men­to capi­lar e se pode­mos man­ter nos­so cabe­lo ou se ele falha devi­do a defi­ci­ên­ci­as de nutri­en­tes.

A lis­ta a seguir é um guia para o que pre­ci­sa ser con­su­mi­do e por que esses ali­men­tos devem ser con­su­mi­dos. Os lei­to­res são acon­se­lha­dos a rea­li­zar mais pes­qui­sas para expan­dir a lis­ta.

  • Soja: O fer­ro aju­da a pro­du­zir hemo­glo­bi­na, que for­ne­ce oxi­gê­nio ao teci­do, e a vita­mi­na E aju­da o san­gue a cir­cu­lar melhor na área da cabe­ça. A soja tem um alto teor de fer­ro e vita­mi­na E. Tente adi­ci­o­nar fei­jão cozi­do a sala­das e pra­tos de car­ne.
  • Grão-de-bico: outro tipo mui­to útil de fei­jão reche­a­do com vita­mi­na B6 e zin­co, ambos neces­sá­ri­os para cabe­los sau­dá­veis. O zin­co fun­ci­o­na em con­jun­to com a vita­mi­na A para cons­truir pro­teí­nas para o cabe­lo. A fal­ta de zin­co e vita­mi­na A leva à cas­pa, o que pode levar a pro­ble­mas de que­da de cabe­lo. O grão-de-bico pode ser adi­ci­o­na­do a sala­das, car­nes e pra­tos de aves.
  • Amêndoas: A mai­o­ria das pes­so­as tem a fal­sa impres­são de que as amên­do­as cau­sam coles­te­rol alto. Amêndoas são uma das melho­res fon­tes de fer­ro, pro­teí­na e vita­mi­na E. Eles tam­bém são um ali­men­to que reduz o coles­te­rol. O coles­te­rol alto pode levar à que­da de cabe­lo e as amên­do­as podem aju­dar a pre­ve­nir isso.
  • Leite: O lei­te de vaca é uma boa fon­te de iodo que for­ne­ce cál­cio para ossos for­tes, den­tes e cabe­los sau­dá­veis. O lei­te enri­que­ci­do com cál­cio, pro­teí­nas e vita­mi­nas é uma boa fon­te de nutri­en­tes para cabe­los sau­dá­veis.
  • Trigo inte­gral: con­tém síli­ca e fer­ro; A síli­ca rara­men­te é encon­tra­da na die­ta oci­den­tal. É mui­to neces­sá­rio por­que aju­da o cor­po a absor­ver melhor os nutri­en­tes.
  • Peixe: Certos pei­xes ole­o­sos como sal­mão, cava­la e sar­di­nha são uma rica fon­te de áci­dos gra­xos ômega‑3. Esses áci­dos essen­ci­ais podem aju­dar a ali­men­tar os folí­cu­los para pro­mo­ver o cres­ci­men­to sau­dá­vel do cabe­lo e pre­ve­nir a cal­ví­cie.

Queda de cabelo — Ajuda oportuna é importante!

A pri­mei­ra vez que vemos alguns cabe­los extras na esco­va ou no tra­ves­sei­ro e mer­gu­lha­mos nas pro­fun­de­zas da misé­ria. Para as mulhe­res, a que­da de cabe­lo é real­men­te impen­sá­vel, e para os meni­nos tam­bém não é fácil. A que­da de cabe­lo é tra­tá­vel, mas a cal­ví­cie nem sem­pre é curá­vel. Isso depen­de da pes­soa e da gra­vi­da­de do pro­ble­ma. Na mai­o­ria dos casos, a que­da de cabe­lo seve­ra leva à cal­ví­cie per­ma­nen­te. Existem tra­ta­men­tos de cal­ví­cie que têm mos­tra­do resul­ta­dos posi­ti­vos, mas encon­trar uma cura dura­dou­ra pode ser difí­cil.

Não come­ta o erro que mui­tas pes­so­as come­te­ram e se arre­pen­dam; Não igno­re os sinais de aler­ta pre­co­ce de que­da de cabe­lo. Como em qual­quer doen­ça, a detec­ção pre­co­ce do pro­ble­ma pode levar a uma cura, enquan­to a detec­ção tar­dia mui­tas vezes sig­ni­fi­ca que o pro­ble­ma é mui­to avan­ça­do para ser tra­ta­do. O cân­cer é uma com­pa­ra­ção bas­tan­te séria, mas é um exem­plo típi­co.

Todos des­cre­vem a per­da de cer­ca de 100 fios de cabe­lo como nor­mal, mas todos os mais de 50 fios por dia devem ser exa­mi­na­dos. Sérios sinais de aler­ta de pro­ble­mas de que­da de cabe­lo inclu­em:

  • Cabelo des­ba­sa­do em que o cou­ro cabe­lu­do é subi­ta­men­te mais visí­vel do que antes
  • Muito cabe­lo dei­xa­do no tra­ves­sei­ro todas as manhãs
  • Depois de cada esco­var um mon­te de cabe­lo na esco­va de cabe­lo
  • Muita que­da de cabe­lo ento­pe o ralo depois de tomar banho
  • O cabe­lo cai facil­men­te quan­do você con­duz as mãos atra­vés do cabe­lo

Essas coi­sas não devem acon­te­cer em cir­cuns­tân­ci­as nor­mais; se acon­te­ce­rem, é melhor ver um médi­co para ter cer­te­za de qual é o pro­ble­ma. Uma vez que o médi­co rea­li­za alguns exa­mes, o pro­ble­ma sub­ja­cen­te que cau­sa a que­da de cabe­lo é reve­la­do. Os médi­cos geral­men­te tra­tam pri­mei­ro o pro­ble­ma que cau­sou a que­da de cabe­lo. Você tam­bém pode tomar um suple­men­to vita­mí­ni­co, mudar sua die­ta para se livrar de todas as gor­du­ras e açú­ca­res que não são bons para o cres­ci­men­to do cabe­lo, e mover-se um pou­co. Isso vai aju­dá-lo a man­ter um cor­po sau­dá­vel e tam­bém um cres­ci­men­to sau­dá­vel do cabe­lo.

De pílu­las a tôni­cos de que­da de cabe­lo e outros tra­ta­men­tos, pro­va­vel­men­te há algo para você lá fora. Mas não pegue nada e não use nada até ter cer­te­za que é segu­ro fazê-lo. O pro­ble­ma real deve ser iden­ti­fi­ca­do antes de você pode fazer o tra­ta­men­to. Nem todos os pro­ble­mas de que­da de cabe­lo são gené­ti­cos ou hor­mo­nais. Pode ser uma rea­ção alér­gi­ca a um pro­du­to que você está usan­do que cau­sa que­da de cabe­lo.

Terapia de queda de cabelo e hipnose

Qualquer um que tenha expe­ri­men­ta­do a ago­nia da que­da de cabe­lo enten­de­rá por que as pes­so­as estão deses­pe­ra­da­men­te bus­can­do tra­ta­men­to que rever­ta o pro­ces­so. Ninguém, com 25 ou 85 anos, quer per­der o cabe­lo. A que­da de cabe­lo acon­te­ce por vári­as razões, mas exis­tem tra­ta­men­tos que o param, evi­tam mai­or que­da de cabe­lo e pro­mo­vem o cres­ci­men­to capi­lar.

Em 2009, o International Journal of Clinical and Experimental Hypnosis publi­cou acha­dos que indi­cam a for­te pos­si­bi­li­da­de de usar a hip­no­se como tra­ta­men­to para a alo­pe­cia are­a­ta. Esse tipo de que­da de cabe­lo ocor­re em man­chas e geral­men­te é cau­sa­da quan­do o sis­te­ma imu­no­ló­gi­co do cor­po lan­ça um auto-ata­que.

A cren­ça das pes­so­as na hip­no­se é divi­di­da em uma cren­ça e uma com­ple­ta des­cren­ça nela. Deixemos cla­ro no iní­cio de uma coi­sa que a hip­no­se em si não pode curar a que­da de cabe­lo; no entan­to, atra­vés de tera­pia suges­ti­va, as pes­so­as podem des­fru­tar de uma melhor saú­de men­tal, o que leva a menos que­da de cabe­lo. Poucos estu­dos têm real­men­te olha­do para tra­ta­men­tos psi­co­ló­gi­cos para tra­tar a que­da de cabe­lo. O Dr. Willemsen, que rea­li­zou a pes­qui­sa, acre­di­ta que a hip­no­te­ra­pia melho­ra o bem-estar men­tal, o que, por sua vez, melho­ra a saú­de do cou­ro cabe­lu­do.

Foram sele­ci­o­na­das 28 pes­so­as com gra­ves pro­ble­mas de que­da de cabe­lo. Todas as pes­so­as já ten­ta­ram dro­gas con­ven­ci­o­nais, mas não tive­ram suces­so. Os indi­ví­du­os foram sub­me­ti­dos à hip­no­te­ra­pia por seis meses. O tra­ta­men­to foi base­a­do em uma com­bi­na­ção de tera­pia de redu­ção de estres­se e hip­no­se para o cres­ci­men­to capi­lar. As reu­niões eram rea­li­za­das três ou qua­tro vezes por sema­na, depois uma vez a cada três sema­nas.

Terapia de hip­no­se para que­da de cabe­lo — 100% sem efei­tos cola­te­rais

12 das 28 pes­so­as apre­sen­ta­ram resul­ta­dos posi­ti­vos da tera­pia com­bi­na­da, com novos cabe­los cres­cen­do para mais de 75% da área do cou­ro cabe­lu­do. Não hou­ve efei­tos cola­te­rais da tera­pia.

Os resul­ta­dos da hip­no­te­ra­pia para este estu­do mos­tra­ram que a hip­no­se pode com­ba­ter efe­ti­va­men­te a que­da de cabe­lo, melho­rar os níveis de estres­se e redu­zir a depres­são. A rela­ção real entre que­da de cabe­lo e hip­no­se ain­da não está cla­ra. No entan­to, supõe-se que uma men­te sau­dá­vel é uma men­te feliz, o que, por sua vez, leva ao cres­ci­men­to sau­dá­vel do cabe­lo. O tra­ta­men­to mos­tra que as pes­so­as que sofrem de estres­se psi­co­ló­gi­co seve­ro podem encon­trar alí­vio do estres­se atra­vés da hip­no­se e, ao mes­mo tem­po, pro­mo­ver o cres­ci­men­to capi­lar.

A tera­pia de hip­no­se tem uma lon­ga his­tó­ria de ser usa­da para ali­vi­ar o estres­se, ali­vi­ar ten­sões repri­mi­das, liber­tar as pes­so­as de ata­ques de ansi­e­da­de e basi­ca­men­te repro­gra­mar a men­te para ser feliz. A tera­pia de hip­no­se baseia-se no prin­cí­pio de que uma men­te feliz é como um cor­po sau­dá­vel.

Queda de cabelo e tricologia

A que­da de cabe­lo teve, de fato, um efei­to bas­tan­te devas­ta­dor sobre homens e mulhe­res que, infe­liz­men­te, enfren­tam este pro­ble­ma. O pro­ble­ma da que­da de cabe­lo é exa­cer­ba­do espe­ci­al­men­te quan­do a pes­soa menos espe­ra a per­da. Da gené­ti­ca ao estres­se, o pro­ble­ma da que­da de cabe­lo pode ser devi­do a vári­as cau­sas. As cau­sas podem ser dife­ren­tes, mas auto­con­fi­an­ça e per­da de auto­con­fi­an­ça são as mes­mas em todas as situ­a­ções.

Onde você vai para encon­trar res­pos­tas para suas per­gun­tas, cole­tar infor­ma­ções e encon­trar o tra­ta­men­to cer­to? Em uma pala­vra, um tri­co­lo­gis­ta — não um médi­co, mas um espe­ci­a­lis­ta para vári­os tipos de que­da de cabe­lo e pro­ble­mas rela­ci­o­na­dos ao cou­ro cabe­lu­do, como cas­pa tei­mo­sa.

Tricologia refe­re-se à ciên­cia que lida com pro­ble­mas de cabe­lo e cou­ro cabe­lu­do. Os méto­dos para tra­tar os pro­ble­mas não são medi­ca­men­te ori­en­ta­dos, pois o tri­co­lo­gis­ta não é um espe­ci­a­lis­ta médi­co ofi­ci­al. No entan­to, os tri­co­lo­gis­tas são trei­na­dos em fisi­o­lo­gia e ana­to­mia, que lidam com pro­ble­mas de pele e cor­po, nutri­ção, quí­mi­ca, pro­ble­mas capi­la­res e pro­ble­mas no cou­ro cabe­lu­do.

Uma visi­ta a um médi­co de famí­lia pode garan­tir que o tra­ta­men­to cor­re­to para o pro­ble­ma seja base­a­do nos exa­mes rea­li­za­dos pelo médi­co e nos resul­ta­dos resul­tan­tes. Existem solu­ções tópi­cas, medi­ca­men­tos, remé­di­os à base de plan­tas, tra­ta­men­tos a laser e cirur­gia de trans­plan­te capi­lar para resol­ver o pro­ble­ma da que­da de cabe­lo.

Quando você con­sul­ta um tri­co­lo­gis­ta? Qualquer pro­ble­ma rela­ci­o­na­do ao cou­ro cabe­lu­do ou cabe­lo é res­pon­sa­bi­li­da­de de um tri­co­lo­gis­ta qua­li­fi­ca­do. A mai­o­ria das con­sul­tas com tri­co­lo­gis­tas são usa­das para resol­ver pro­ble­mas de que­da de cabe­lo. Caspa, pro­du­ção exces­si­va de óleo, cabe­lo ole­o­so e outros pro­ble­mas podem levar ao afi­na­men­to do cabe­lo e que­da de cabe­lo.

O pri­mei­ro pas­so na bus­ca pelo tra­ta­men­to por um tri­co­lo­gis­ta é mar­car uma con­sul­ta. Um exa­me do cou­ro cabe­lu­do e cabe­lo e uma dis­cus­são sobre a anam­ne­se do paci­en­te segui­rão da con­sul­ta. A aná­li­se reve­la os fato­res sub­ja­cen­tes que cau­sam que­da de cabe­lo. Somente após a iden­ti­fi­ca­ção das reais cau­sas do pro­ble­ma, o tri­co­lo­gis­ta con­si­de­ra­rá o seguin­te:

  • Se o pro­ble­ma pode ser melhor tra­ta­do por um médi­co.
  • O pro­ble­ma é sério o sufi­ci­en­te para mere­cer tra­ta­men­to; se sim, que tipo de tra­ta­men­to é ide­al para tra­zer o mai­or bene­fí­cio para o paci­en­te?
  • O pro­ble­ma jus­ti­fi­ca uma ope­ra­ção? Se a res­pos­ta for posi­ti­va, o tri­co­lo­gis­ta for­ne­ce­rá infor­ma­ções deta­lha­das sobre as vári­as opções e aju­da­rá a encon­trar uma clí­ni­ca ade­qua­da, um cirur­gião ade­qua­do e um méto­do ade­qua­do para o uso ide­al.

Pode ser difí­cil encon­trar o tri­co­lo­gis­ta cer­to. Portanto, cer­ti­fi­que-se de que a pes­soa está regis­tra­da no Instituto de Tricologia.

Queda de cabelo associada à menopausa

A que­da de cabe­lo pode ser devas­ta­do­ra inde­pen­den­te­men­te das cau­sas, pois homens e mulhe­res sen­tem os efei­tos dolo­ro­sos des­se pro­ble­ma. A que­da de cabe­lo não pode ser clas­si­fi­ca­da como uma doen­ça, mas pode ser cau­sa­da por uma doen­ça. Outra razão para a que­da de cabe­lo nas mulhe­res é a meno­pau­sa. Esta é uma con­di­ção pela que todas as mulhe­res pas­sam quan­do estão na casa dos 40 anos ou mais. A que­da de cabe­lo cau­sa­da por alte­ra­ções hor­mo­nais no cor­po pode ser tra­ta­da por remé­di­os à base de plan­tas, mudan­ças de esti­lo de vida e tera­pia de repo­si­ção hor­mo­nal.

A que­da de cabe­lo em mulhe­res duran­te a meno­pau­sa resul­ta de flu­tu­a­ções nos níveis hor­mo­nais (níveis de estro­gê­nio e tes­tos­te­ro­na). É melhor tra­tar o pro­ble­ma hor­mo­nal e não o pro­ble­ma da que­da do cabe­lo. A meno­pau­sa é pro­va­vel­men­te a fase mais difí­cil na vida de uma mulher; mar­ca o fim do ciclo mens­tru­al, que trans­fe­re a mulher do está­gio de fer­ti­li­da­de para o está­gio da infer­ti­li­da­de. Esse perío­do é uma das mudan­ças físi­cas e emo­ci­o­nais mais mar­can­tes, e cer­ca de 75% das mulhe­res na meno­pau­sa expe­ri­men­tam um afi­na­men­to de seus cabe­los.

Reduzir o estro­gê­nio sig­ni­fi­ca que os níveis de tes­tos­te­ro­na são ele­va­dos, fazen­do com que os folí­cu­los capi­la­res pro­du­zam menos cabe­lo. Essa dimi­nui­ção repen­ti­na do estro­gê­nio e o aumen­to da tes­tos­te­ro­na é a prin­ci­pal razão para a que­da de cabe­lo nas mulhe­res duran­te a meno­pau­sa.

Por um tem­po, a tera­pia de repo­si­ção hor­mo­nal para o tra­ta­men­to da que­da de cabe­lo duran­te a meno­pau­sa foi o últi­mo gri­to. No entan­to, rela­tos de cân­cer de ová­rio e mama, doen­ças car­día­cas e coá­gu­los san­guí­ne­os logo leva­ram as pes­so­as a recon­si­de­rar suas opções.

Uma mudan­ça de esti­lo de vida é defi­ni­ti­va­men­te reco­men­da­da, e é o méto­do mais econô­mi­co de tra­tar a que­da de cabe­lo com a mai­or taxa de suces­so. Uma die­ta equi­li­bra­da sem gor­du­ras ruins, açú­ca­res refi­na­dos e adi­ti­vos quí­mi­cos aju­da a com­ba­ter a que­da de cabe­lo. Toda a bon­da­de das fru­tas e vege­tais na for­ma de vita­mi­nas, mine­rais, pro­teí­nas e outros ele­men­tos aju­da seu cabe­lo a cres­cer sau­dá­vel e for­te.

Álcool e cafeí­na não são bons para a saú­de; Pessoas que ten­dem a beber demais pre­ci­sam redu­zir dras­ti­ca­men­te sua inges­tão. Tanto a cafeí­na quan­to o álco­ol blo­quei­am a capa­ci­da­de de absor­ção das raí­zes para a obten­ção de nutri­en­tes.

O exer­cí­cio é imper­dí­vel para man­ter o cor­po em for­ma, ali­vi­ar o estres­se e per­mi­tir que o san­gue cir­cu­le livre­men­te. Com o nível cer­to de movi­men­to regu­lar, todo o cor­po come­ça a fun­ci­o­nar melhor.

A medi­ci­na alter­na­ti­va tem sido usa­da há sécu­los para curar vári­as doen­ças. Existem cer­tos remé­di­os à base de plan­tas que podem pro­mo­ver o cres­ci­men­to do cabe­lo. O que você qui­ser tomar para tra­tar a per­da de cabe­lo rela­ci­o­na­da à meno­pau­sa, você deve fazê-lo em con­sul­ta com um médi­co.

Queda de cabelo em adolescentes

As esta­tís­ti­cas mos­tram que uma por­cen­ta­gem cres­cen­te de ado­les­cen­tes per­dem o cabe­lo. É impor­tan­te enten­der por que o pro­ble­ma ocor­re em pri­mei­ro lugar e, em segun­do lugar, como impe­di-lo de con­ti­nu­ar. Você está na ado­les­cên­cia ten­tan­do lidar com a que­da de cabe­lo? Continue len­do para obter infor­ma­ções vali­o­sas.

Há mui­tas razões pelas quais a que­da de cabe­lo ocor­re em pes­so­as jovens e velhas. No entan­to, cau­sas pro­e­mi­nen­tes que desen­ca­dei­am a que­da de cabe­lo podem ser devi­do a cer­tos fato­res comuns. A ado­les­cên­cia é con­si­de­ra­da a melhor épo­ca para se diver­tir, ser des­pre­o­cu­pa­da e expe­ri­men­tar mui­tas coi­sas. Neste momen­to, esta­mos mui­to orgu­lho­sos de afir­mar nos­sa recém-des­co­ber­ta inde­pen­dên­cia. Isso pode levar a maus hábi­tos ali­men­ta­res, pois a ênfa­se é na boa apa­rên­cia, que pos­te­ri­or­men­te aca­ba por ser magra! Outros do outro lado do extre­mo vão ao mar com junk food e se tor­nam obe­sos. Todos esses fato­res afe­tam nos­sa saú­de e even­tu­al­men­te levam à que­da de cabe­lo até o cou­ro cabe­lu­do.

Adolescentes gos­tam de expe­ri­men­tar novas cores de cabe­lo para pare­cer na moda e se encai­xar na mul­ti­dão. Então há toda a publi­ci­da­de feroz para pro­du­tos de cui­da­dos capi­la­res que os faz com­prar coi­sas que eles não pre­ci­sam. Enquanto os pro­du­tos fazem o cabe­lo pare­cer ele­gan­te ou sexy, os efei­tos a lon­go pra­zo são danos com um gran­de D. A melhor manei­ra de evi­tar danos ao cabe­lo é parar de usar os pro­du­tos extra­va­gan­tes e com­prar um sham­poo e deter­gen­te de ervas com­ple­ta­men­te natu­rais. Escolha algo leve em vez de esco­lher pro­du­tos por cau­sa de suas pro­mes­sas ou aro­mas.

Para não dani­fi­car o cabe­lo, você pre­ci­sa tomar uma deci­são mui­to fir­me para evi­tar mudar cons­tan­te­men­te o pen­te­a­do e estres­sar o cabe­lo com aque­ce­do­res e tran­ças aper­ta­das ape­nas para estar na moda. Tenha isso em men­te — é melhor não estar na moda do que come­çar a care­ca em uma ida­de jovem. Géis, espu­mas e corn­rows, por exem­plo, não aju­dam a for­ta­le­cer o cabe­lo, mas só fazem com que a for­ça natu­ral da tra­ção do cabe­lo seja des­gas­ta­da.

Nem todo mun­do vai gos­tar dis­so, mas tem que ser dito. Na fase ado­les­cen­te, que­re­mos ten­tar de tudo. Não há nada de erra­do com isso, é tudo par­te do pro­ces­so de des­per­tar. No entan­to, quan­do ten­ta­mos coi­sas que pre­ju­di­cam o cor­po e aca­bam se tor­nan­do vici­a­dos em coi­sas como álco­ol, taba­gis­mo ou dro­gas, ape­nas pri­va­mos o cor­po de seus nutri­en­tes essen­ci­ais. Nas meni­nas, tomar pílu­las con­tra­cep­ti­vas em uma ida­de jovem enfra­que­ce seus cabe­los, levan­do à que­da de cabe­lo. Temos que lidar com essa área nós mes­mos se qui­ser­mos con­ti­nu­ar a ter uma luxu­o­sa cabe­ça de cabe­lo.

Remédio para a queda de cabelo para promover o crescimento capilar

Certamente não fal­tam curas para a que­da de cabe­lo dis­po­ní­veis no mer­ca­do hoje. No entan­to, pre­ci­sa­mos ter cui­da­do com o que usa­mos em nos­so cou­ro cabe­lu­do, pois cer­tos pro­du­tos podem ter efei­tos nega­ti­vos. Além dis­so, alguns pro­du­tos rea­gem nega­ti­va­men­te aos medi­ca­men­tos que são toma­dos.

Os remé­di­os à base de plan­tas são mui­to popu­la­res entre mui­tas pes­so­as, prin­ci­pal­men­te por­que esses remé­di­os são todos natu­rais e geral­men­te não têm efei­tos cola­te­rais. Embora não haja garan­tia de que o tra­ta­men­to fun­ci­o­na­rá em todas as pes­so­as, é pos­sí­vel que um dos remé­di­os pro­mo­va com suces­so o cres­ci­men­to capi­lar.

Curandeiros naturais para queda de cabelo

Os pro­du­tos anti-que­da de cabe­lo que se mos­tra­ram efi­ca­zes inclu­em:

  • Alecrim: é uma erva que é tipi­ca­men­te usa­da na cozi­nha por cau­sa de seu gos­to. No entan­to, a erva tem outro uso — para pro­mo­ver o cres­ci­men­to capi­lar. O ale­crim tem sido usa­do para tra­tar vári­as con­di­ções de saú­de, como doen­ças res­pi­ra­tó­ri­as, cóli­ca renal, ali­vi­ar cóli­cas esto­ma­cais e pro­mo­ver o cres­ci­men­to capi­lar. Foi rea­li­za­do um estu­do sobre a uti­li­da­de do ale­crim para o cres­ci­men­to capi­lar. O estu­do con­cluiu que, quan­do mis­tu­ra­da com cer­tos óle­os, a erva é um tra­ta­men­to mui­to efi­caz e um remé­dio segu­ro para a que­da de cabe­lo. Mostrou-se par­ti­cu­lar­men­te bem suce­di­do no tra­ta­men­to da que­da de cabe­lo em man­chas no cou­ro cabe­lu­do. O ale­crim, que foi adi­ci­o­na­do aos óle­os de ervas e mas­sa­ge­a­do no cou­ro cabe­lu­do por vári­os meses, apre­sen­tou uma melho­ra sig­ni­fi­ca­ti­va no recres­ci­men­to do cabe­lo nas man­chas care­cas.
  • Aloe Vera: é con­si­de­ra­da uma plan­ta mila­gro­sa cheia de mine­rais, vita­mi­nas, ami­noá­ci­dos, enzi­mas e mui­to mais. Na ver­da­de, nenhu­ma outra plan­ta foi encon­tra­da tão per­to da bioquí­mi­ca do cor­po. Suas van­ta­gens inclu­em a cura do cou­ro cabe­lu­do e a lim­pe­za dos poros. Aloe Vera con­tém vári­os nutri­en­tes essen­ci­ais que pro­mo­vem o cres­ci­men­to de novos cabe­los. A apli­ca­ção atu­al do gel Aloe Vera dire­ta­men­te no cou­ro cabe­lu­do é segu­ra, pois o gel é um pro­du­to natu­ral e não tem efei­tos cola­te­rais. Um sham­poo casei­ro fei­to de gel aloe vera com lei­te de coco e óleo de ger­me de tri­go aju­da a pro­mo­ver o cres­ci­men­to do cabe­lo.
  • Henna: é difun­di­da nos paí­ses do Sul da Ásia e ori­en­te médio. É uma erva que é popu­lar­men­te usa­da para tin­gir o cabe­lo, dan­do-lhe uma cor mar­rom-aver­me­lha­da. O que a mai­o­ria das pes­so­as não sabe é que a hen­na pode efe­ti­va­men­te tra­tar a que­da de cabe­lo e pro­mo­ver o cres­ci­men­to de novos cabe­los. A hen­na se mis­tu­ra bem com as pro­teí­nas natu­rais do cabe­lo para esti­mu­lar o cres­ci­men­to. Henna pode for­ta­le­cer o cabe­lo e tor­ná-lo mais sau­dá­vel, con­ti­nu­an­do a usá-lo. A hen­na repa­ra as esca­mas capi­la­res, equi­li­bra o pH do cou­ro cabe­lu­do para evi­tar a que­da pre­ma­tu­ra do cabe­lo e cura pro­ble­mas no cou­ro cabe­lu­do, como res­se­ca­men­to exces­si­vo e cas­pa.

Tratamentos para queda de cabelo: Tratamento de impulso elétrico

Quando a que­da de cabe­lo levan­ta sua cabe­ça feia, esta­mos com­pre­en­si­vel­men­te em pâni­co sobre o que fazer. A con­fu­são é exa­ge­ra­da por cau­sa dos mui­tos tra­ta­men­tos dis­po­ní­veis. Inúmeras per­gun­tas, como o que esco­lher, quais efei­tos cola­te­rais ocor­rem, se fun­ci­o­na, quan­to tem­po o tra­ta­men­to vai levar, quan­to cus­ta­rá, e mui­tas outras per­gun­tas pre­o­cu­pam a men­te.

Pode mui­to bem ser que você não seja um can­di­da­to ade­qua­do para medi­ca­men­tos, loções ou trans­plan­tes capi­la­res. O que você faz então? Você pode con­si­de­rar tra­ta­men­tos alter­na­ti­vos para parar ou rever­ter o pro­ble­ma da que­da de cabe­lo. Procure sem­pre aju­da pro­fis­si­o­nal antes de inves­tir em um tra­ta­men­to que você não conhe­ce.

O tra­ta­men­to ele­troim­pul­so é um tipo de tra­ta­men­to de que­da de cabe­lo que aten­deu com gran­de inte­res­se após a publi­ca­ção dos resul­ta­dos do ensaio clí­ni­co de 1991. O estu­do em si foi rea­li­za­do com 30 homens, todos volun­tá­ri­os e todos aque­les que sofrem de cal­ví­cie mas­cu­li­na. Cada pes­soa foi expos­ta a uma peque­na quan­ti­da­de de esti­mu­la­ção elé­tri­ca. O estu­do durou seis meses, com 29 dos par­ti­ci­pan­tes expe­ri­men­tan­do um novo cres­ci­men­to ou sem mais que­da de cabe­lo.

Calvície de acor­do com o padrão mas­cu­li­no, um dos pri­mei­ros sin­to­mas é a dege­ne­ra­ção ner­vo­sa, que leva à que­da de cabe­lo. O cabe­lo reti­ra­do de uma área sau­dá­vel do cou­ro cabe­lu­do dói; No entan­to, os fios reti­ra­dos de áre­as nuas não machu­cam por­que o dano no ner­vo tirou a capa­ci­da­de de sen­tir.

Cientistas e espe­ci­a­lis­tas bio­mé­di­cos iden­ti­fi­ca­ram como fato o uso de esti­mu­la­ção elé­tri­ca para repa­rar teci­dos e ossos feri­dos. Da mes­ma for­ma, a esti­mu­la­ção repe­ti­da dos folí­cu­los capi­la­res pela ener­gia pul­sa­da pode tra­zer os folí­cu­los capi­la­res de vol­ta à fun­ção nor­mal.

Os impul­sos elé­tri­cos são uma téc­ni­ca não cirúr­gi­ca para parar a que­da de cabe­lo. As frequên­ci­as elé­tri­cas são envi­a­das de um cam­po ele­tros­tá­ti­co para folí­cu­los capi­la­res dire­ci­o­na­dos para esti­mu­lar o cres­ci­men­to. O tra­ta­men­to é um tra­ta­men­to de pene­tra­ção limi­ta­da e de bai­xa frequên­cia no qual os impul­sos elé­tri­cos são envi­a­dos ape­nas bai­xo o sufi­ci­en­te para afe­tar os folí­cu­los capi­la­res, mas não pro­fun­do o sufi­ci­en­te para afe­tar o teci­do sub­ja­cen­te. Os tra­ta­men­tos são con­si­de­ra­dos segu­ros e rela­ti­va­men­te indo­lor.

O tra­ta­men­to ele­troim­pul­so para que­da de cabe­lo geral­men­te é rea­li­za­do duas vezes por sema­na, mas isso depen­de dos resul­ta­dos espe­ra­dos. A dura­ção do tra­ta­men­to é entre 3–6 meses e depen­de da gra­vi­da­de da doen­ça.

Os can­di­da­tos ide­ais para este tipo de tra­ta­men­to são pes­so­as que sofrem de cal­ví­cie mas­cu­li­na ou femi­ni­na, que­da de cabe­lo tem­po­rá­ria devi­do à qui­mi­o­te­ra­pia, que­da de cabe­lo rela­ci­o­na­da à doen­ça e afi­na­men­to de cabe­lo. Apenas os can­di­da­tos que aten­dam aos cri­té­ri­os são reco­men­da­dos a esco­lher este tra­ta­men­to para que­da de cabe­lo.

Efeitos colaterais do tratamento de impulso elétrico para queda de cabelo

Eletroterapia dosa­da incor­re­ta­men­te pode levar a espas­mos mus­cu­la­res dolo­ro­sos. Como regra geral, a cor­ren­te é com­bi­na­da com o paci­en­te. No caso de dor­mên­cia, há ris­co de quei­ma­du­ras e danos teci­du­ais devi­do à ele­tró­li­se.

Transplante capilar

Tratamentos de queda de cabelo: cirurgia de reposição capilar

Uma cal­ví­cie em cur­so len­to ou cal­ví­cie súbi­ta pode ter um efei­to mui­to nega­ti­vo na saú­de e no bem-estar de uma pes­soa. Ninguém quer usar uma cal­ví­cie volun­ta­ri­a­men­te; Estrelas de Hollywood são pro­va­vel­men­te a úni­ca exce­ção! Embora a cal­ví­cie não pos­sa real­men­te ser cura­da por­que uma cura mila­gro­sa ain­da não foi inven­ta­da, exis­tem duas gran­des cate­go­ri­as de tra­ta­men­tos de que­da de cabe­lo em homens e mulhe­res: tra­ta­men­tos cos­mé­ti­cos e tra­ta­men­tos médi­cos. Embora a cirur­gia geral­men­te não seja reco­men­da­da, é uma solu­ção efi­caz para a cal­ví­cie pre­ma­tu­ra.

Neste arti­go que­re­mos dar uma bre­ve visão geral das van­ta­gens e des­van­ta­gens da cirur­gia de repo­si­ção capi­lar. Isso bene­fi­ci­a­rá as pes­so­as que atu­al­men­te estão pas­san­do pela ago­nia da que­da de cabe­lo e ten­tan­do des­co­brir qual é a melhor solu­ção.

Please enter cor­rect post id for Video SEO Post

Graças aos avan­ços da ciên­cia e da tec­no­lo­gia, exis­tem téc­ni­cas mais novas e melho­res para trans­plan­te capi­lar ou subs­ti­tui­ção capi­lar. Este pro­ce­di­men­to não é bara­to, mas é uma boa manei­ra, espe­ci­al­men­te para os jovens, de recu­pe­rar sua auto­con­fi­an­ça per­di­da.

O cus­to de um trans­plan­te capi­lar varia depen­den­do da clí­ni­ca, cirur­gião e país. Nos EUA, por exem­plo, as taxas geral­men­te estão entre 3–8 dóla­res por folí­cu­lo, no Reino Unido o cus­to do trans­plan­te é entre 2000 e 5000 GBP. Há fato­res que deter­mi­nam o cus­to de uma ope­ra­ção de subs­ti­tui­ção capi­lar, como a exten­são do pro­ble­ma ou a área de cal­ví­cie a ser cober­ta, o núme­ro de ses­sões e o pro­ce­di­men­to uti­li­za­do.

A cirur­gia de repo­si­ção capi­lar é fre­quen­te­men­te rea­li­za­da em homens que sofrem de cal­ví­cie pre­ma­tu­ra. A ope­ra­ção é geral­men­te rea­li­za­da ape­nas quan­do a tera­pia medi­ca­men­to­sa com finas­te­ri­da ou mino­xi­dil falha. Um trans­plan­te não é rea­li­za­do em homens com menos de 20 anos de ida­de, pois o médi­co não tem cer­te­za de como está indo a cal­ví­cie. Pessoas com alo­pe­cia nar­bi­tó­ti­ca, que expe­ri­men­tam que­da de cabe­lo devi­do a lesões ou outras for­mas de lesões no cou­ro cabe­lu­do, tam­bém são ele­gí­veis para cirur­gia de trans­plan­te.

Pessoas com pro­ble­mas com o cabe­lo des­ba­sa­do não são can­di­da­tas ade­qua­das para cirur­gia de repo­si­ção capi­lar. Transplantes bem suce­di­dos são base­a­dos na remo­ção de folí­cu­los sau­dá­veis de áre­as do cou­ro cabe­lu­do que pro­du­zi­rão cabe­lo no futu­ro. Isso não é pos­sí­vel se hou­ver áre­as onde o cabe­lo não pos­sa cres­cer de novo.

No trans­plan­te capi­lar, folí­cu­los sau­dá­veis são reti­ra­dos das late­rais e da par­te de trás da cabe­ça ou dos locais doa­do­res, como são cha­ma­dos. Em geral, no caso da cal­ví­cie mas­cu­li­na, o cabe­lo come­ça a recu­ar da fren­te para o ápi­ce e, em alguns casos, tam­bém para trás. Os folí­cu­los das áre­as sau­dá­veis são trans­plan­ta­dos nas áre­as care­cas para pro­mo­ver o cres­ci­men­to capi­lar atra­vés do micro trans­plan­ta­men­to.

Tratamentos de queda de cabelo revisados

A que­da de cabe­lo está se tor­nan­do cada vez mais um dos mai­o­res pro­ble­mas médi­cos que as pes­so­as enfren­tam. Devido à vari­e­da­de de fato­res que cau­sam o pro­ble­ma, mui­tas vezes as pes­so­as cor­rem para fren­te e para trás para encon­trar o tra­ta­men­to cer­to. Vamos ver alguns dos melho­res tra­ta­men­tos médi­cos e pro­du­tos dis­po­ní­veis hoje. Deve-se enten­der que con­sul­tar um médi­co antes de expe­ri­men­tar tra­ta­men­tos de que­da de cabe­lo é essen­ci­al para evi­tar efei­tos cola­te­rais e outros pro­ble­mas.

Como o mer­ca­do está inun­da­do de tra­ta­men­tos de que­da de cabe­lo, esco­lher o tra­ta­men­to cer­to pode ser uma tare­fa esma­ga­do­ra. O pri­mei­ro pas­so é deter­mi­nar a cau­sa do pro­ble­ma; isso pode ser fei­to com a aju­da de um médi­co. Uma vez detec­ta­do o pro­ble­ma, você deve deci­dir se quer tomar medi­ca­ção. Para algu­mas pes­so­as, os medi­ca­men­tos não são uma opção devi­do a outras con­di­ções que podem fazer com que os medi­ca­men­tos coli­dam.

A alter­na­ti­va às dro­gas são apli­ca­ções tópi­cas, como loções e cre­mes. Aqui estão alguns dos tra­ta­men­tos mais impor­tan­tes para a que­da de cabe­lo parar, desa­ce­le­rar ou enco­brir a que­da de cabe­lo. Dependendo do tipo de que­da de cabe­lo, você pode esco­lher o que é melhor.

Propecia para queda de cabelo

A pro­pe­cia é comer­ci­a­li­za­da como um avan­ço médi­co para a rever­são da cal­ví­cie mas­cu­li­na nos homens. Propecia age na ini­bi­ção da enzi­ma (5‑alfa reduc­ta­se) que pro­duz o hormô­nio DHT, uma inje­ção late­ral do hormô­nio tes­tos­te­ro­na mas­cu­li­no.

Propecia é a úni­ca dro­ga apro­va­da pela FDA para o tra­ta­men­to da cal­ví­cie em homens. Testes rea­li­za­dos ao lon­go de um perío­do de dois anos reve­la­ram uma esta­tís­ti­ca mos­tran­do que ape­nas um peque­no núme­ro de homens foram capa­zes de man­ter seus cabe­los e tam­bém recres­cer par­te do cabe­lo per­di­do.

Minoxidil em caso de queda de cabelo

Esta é uma dro­ga que foi ori­gi­nal­men­te usa­da para tra­tar pres­são alta. Por aca­so, sur­giu que os efei­tos cola­te­rais bas­tan­te bizar­ros da dro­ga real­men­te aju­da­ram a rever­ter o pro­ces­so de cal­ví­cie e, em alguns casos, retar­da­ram a velo­ci­da­de. Quando o Minoxidil é admi­nis­tra­do topi­ca­men­te como uma loção em luga­res onde ain­da há um peque­no cres­ci­men­to no cabe­lo, ele pode ini­ci­ar o pro­ces­so de cres­ci­men­to e tor­nar o cabe­lo mais lon­go e gros­so.

O mino­xi­dil é fabri­ca­do sob o nome de Rogaine (nome comer­ci­al) e não é reco­men­da­do para: mulhe­res, homens que não têm cer­te­za sobre a real cau­sa do pro­ble­ma de que­da de cabe­lo, pes­so­as meno­res de 18 anos ou em con­jun­to com outros medi­ca­men­tos do cou­ro cabe­lu­do.

Além do Factor Hair Activator, há mui­tos pro­du­tos para lis­tar, des­de medi­ca­men­tos até loções, sham­po­os e mui­to mais.

Como vencer a queda de cabelo

Vamos come­çar enten­den­do as cau­sas da que­da de cabe­lo antes de olhar­mos para as vári­as manei­ras de evi­tá-lo. Alopecia ou que­da de cabe­lo não é um pro­ble­ma novo. As pes­so­as têm luta­do com o pro­ble­ma da que­da de cabe­lo repe­ti­da­men­te ao lon­go da his­tó­ria, algu­mas mais do que outras. Calvície mas­cu­li­na ou femi­ni­na ou alo­pe­cia andro­ge­né­ti­ca é a for­ma mais comum de que­da de cabe­lo. Esse tipo de que­da de cabe­lo está rela­ci­o­na­do à gené­ti­ca, onde a cal­ví­cie é um pro­ble­ma her­da­do.

Há outros fato­res, como razões médi­cas e ambi­en­tais, que cau­sam que­da de cabe­lo. É acon­se­lhá­vel con­sul­tar um der­ma­to­lo­gis­ta antes de com­prar medi­ca­men­tos sem pres­cri­ção médi­ca para tra­tar a que­da de cabe­lo. A que­da de cabe­lo pode ocor­rer devi­do a uma vari­e­da­de de doen­ças. Para deter­mi­nar o que está cau­san­do o pro­ble­ma, um espe­ci­a­lis­ta deve ser con­sul­ta­do. Sem saber a cau­sa da que­da de cabe­lo, nenhum médi­co é capaz de pres­cre­ver qual­quer for­ma de tra­ta­men­to.

Os der­ma­to­lo­gis­tas são trei­na­dos para ofe­re­cer uma gama de tra­ta­men­tos, incluin­do tra­ta­men­tos natu­rais, cos­mé­ti­cos ou médi­cos, depen­den­do da cau­sa e gra­vi­da­de do pro­ble­ma. O tra­ta­men­to médi­co para que­da de cabe­lo tem expe­ri­men­ta­do um enor­me cres­ci­men­to. Enquanto isso, estão sen­do lan­ça­das dro­gas que são pro­je­ta­das para evi­tar a que­da de cabe­lo. Terapias medi­ca­men­to­sas não são a solu­ção ide­al para quem tem um pro­ble­ma de que­da de cabe­lo. A razão pela qual as dro­gas fun­ci­o­nam é que eles visam a cau­sa bási­ca do pro­ble­ma de que­da de cabe­lo.

Também hou­ve um aumen­to sig­ni­fi­ca­ti­vo no seg­men­to de tera­pia cos­mé­ti­ca, à medi­da que cada vez mais pes­so­as com esse tipo de tra­ta­men­to encon­tram uma res­pos­ta para o seu pro­ble­ma. A subs­ti­tui­ção de cabe­lo cos­mé­ti­co é uma das opções mais caras para lidar com a que­da de cabe­lo.

As tera­pi­as natu­rais exis­tem há sécu­los e cobrem uma ampla gama de doen­ças, incluin­do a que­da de cabe­lo. As tera­pi­as natu­rais basei­am-se na cren­ça de que a que­da de cabe­lo é uma con­di­ção natu­ral e tais agen­tes podem res­tau­rar o equi­lí­brio natu­ral do cou­ro cabe­lu­do. Essas tera­pi­as inclu­em exer­cí­ci­os para aumen­tar o flu­xo san­guí­neo para o cou­ro cabe­lu­do e folí­cu­los, mas­sa­gens no cou­ro cabe­lu­do e remé­di­os à base de plan­tas para que­da de cabe­lo.

Alguns remé­di­os à base de plan­tas que são popu­la­res para o tra­ta­men­to da alo­pe­cia inclu­em:

  • Henna: con­di­ti­zou o cabe­lo para man­tê-lo sau­dá­vel e redu­zir o ris­co de que­da de cabe­lo. É uma anti­ga erva tra­di­ci­o­nal que tem sido usa­da há anos para tra­tar o cabe­lo cain­do.
  • O óleo de jojo­ba é outro remé­dio à base de plan­tas que tra­ta com suces­so vári­as doen­ças de pele, como ecze­ma e pso­ría­se, bem como cas­pa.

Como lidar com a queda precoce de cabelo

Calvície pre­ma­tu­ra é algo que pode­mos estar acos­tu­ma­dos em homens. Até temos um nome para isso: cal­ví­cie mas­cu­li­na. Mas cal­ví­cie pre­co­ce nas mulhe­res! Infelizmente, é ver­da­de; as mulhe­res tam­bém têm uma cal­ví­cie femi­ni­na por vári­as razões. Essas razões inclu­em estres­se, gra­vi­dez, meno­pau­sa, má ali­men­ta­ção, doen­ças, víci­os como alco­o­lis­mo e medi­ca­men­tos duros.

De acor­do com a Academia Americana de Médicos de Família, a que­da de cabe­lo geral­men­te pode ser inter­rom­pi­da, a cau­sa bási­ca pode ser tra­ta­da, e o cabe­lo pode ser esti­mu­la­do a recres­cer. O ciclo nor­mal de cres­ci­men­to do cabe­lo con­sis­te em três fases. Durante a fase de cres­ci­men­to, os fios de cabe­lo cres­cem cer­ca de um cen­tí­me­tro por mês — esta fase dura de 2 a 3 anos. A segun­da fase é a fase de des­can­so em que o cabe­lo des­can­sa — esta fase dura 23 meses. A fase final é a fase de que­da, na qual o cabe­lo mor­to falha e o cabe­lo novo subs­ti­tui o cabe­lo chi­que. Esse pro­ces­so envol­ve a per­da de 50–100 cabe­los dia­ri­a­men­te.

Quando o equi­lí­brio nor­mal do cou­ro cabe­lu­do é per­tur­ba­do, as fases são tra­zi­das para fora do equi­lí­brio e a cal­ví­cie ocor­re. A mai­o­ria dos pro­ble­mas care­cas em homens (alo­pe­cia andro­ge­né­ti­ca) são devi­do a fato­res here­di­tá­ri­os. Outros tipos de que­da de cabe­lo são geral­men­te cau­sa­dos por má ali­men­ta­ção, estres­se exces­si­vo e fato­res psi­co­ló­gi­cos. Há um pro­ble­ma cha­ma­do tri­co­ti­lo­ma­nia; Pessoas com esse trans­tor­no arran­cam o cabe­lo devi­do a uma for­ma extre­ma de ansi­e­da­de.

O padrão de que­da de cabe­lo em homens e mulhe­res é dife­ren­te. Nos homens, a que­da de cabe­lo geral­men­te come­ça ao lon­go da linha do cabe­lo e se move len­ta­men­te para cima para a cabe­ça. Nas mulhe­res, come­ça com o afi­na­men­to do cabe­lo e a que­da de cabe­lo na fren­te, late­rais e par­te supe­ri­or da cabe­ça.

As pes­so­as acre­di­tam no velho dita­do de que o que não pode ser cura­do deve ser supor­ta­do. No moder­nis­mo avan­ça­do de hoje, no entan­to, encon­tra­mos curas que se acre­di­ta exis­ti­rem. A cal­ví­cie pode ser tra­ta­da esti­mu­lan­do o cres­ci­men­to do cabe­lo. Como somos úni­cos como indi­ví­du­os, o mes­mo tra­ta­men­to pode não fun­ci­o­nar em cada ser huma­no devi­do a dife­ren­tes fato­res gené­ti­cos e outros.

A Clínica Mayo men­ci­o­na mino­xi­dil, que está dis­po­ní­vel em for­ma líqui­da ou como espu­ma. Acredita-se que esta dro­ga pro­mo­ve um novo cres­ci­men­to capi­lar em pes­so­as com cer­tos tipos de que­da de cabe­lo. Minoxidil é um pro­du­to over-the-coun­ter que é ven­di­do na mai­o­ria das far­má­ci­as. A finas­te­ri­da tam­bém é uma for­ma de medi­ca­ção para dimi­nuir a que­da de cabe­lo e esti­mu­lar o cres­ci­men­to em homens com pro­ble­mas de cal­ví­cie mas­cu­li­na. Esta dro­ga é uma pílu­la pres­cri­ta e deve ser pres­cri­ta por um médi­co.

Plantas que ajudam na queda de cabelo

Como manter seu cabelo de forma herbal

O cabe­lo huma­no pode ser ape­nas teci­do mor­to, mas é uma das coi­sas que mais pre­o­cu­pa as pes­so­as ao redor do mun­do. Na ver­da­de, as pes­so­as fazem qual­quer coi­sa para evi­tar a que­da de cabe­lo ou para fazer seus cabe­los cres­ce­rem de novo. As far­má­ci­as ven­dem uma gama de pro­du­tos, e as empre­sas far­ma­cêu­ti­cas fabri­cam uma vari­e­da­de de pro­du­tos, todos des­ti­na­dos a pro­mo­ver o cres­ci­men­to do cabe­lo e aju­dá-lo a man­ter o cabe­lo.

Devemos ter em men­te que mui­tas vezes esses pro­du­tos cau­sam que­da de cabe­lo em vez de pre­ve­ni-lo. Todas as rei­vin­di­ca­ções sel­va­gens dos fabri­can­tes rara­men­te são ver­da­dei­ras e podem ter alguns efei­tos cola­te­rais gra­ves. Por outro lado, os tra­ta­men­tos à base de plan­tas sem­pre esti­ve­ram em uso e pro­va­ram sua efi­cá­cia em vári­as oca­siões.

A que­da de cabe­lo é gené­ti­ca, e pode ser difí­cil pre­ve­nir ou rever­ter a cal­ví­cie here­di­tá­ria. Mas mes­mo isso é pos­sí­vel; exis­tem clí­ni­cas na Tailândia e em outras par­tes do mun­do espe­ci­a­li­za­das em melho­rar o cres­ci­men­to capi­lar. Certas doen­ças levam à que­da de cabe­lo, por exem­plo, cân­cer — a qui­mi­o­te­ra­pia geral­men­te leva à que­da de cabe­lo. Outros fato­res que levam à que­da de cabe­lo inclu­em má ali­men­ta­ção, doen­ça da tire­oi­de, medi­ca­ção e pro­ble­mas hor­mo­nais.

Aqui estão alguns tra­ta­men­tos natu­rais à base de plan­tas que pre­vi­nem a que­da de cabe­lo e aju­dam você a man­ter o cabe­lo

  • Ginkgo bilo­ba: é um dos tra­ta­men­tos à base de plan­tas mais ven­di­dos na Europa e nos Estados Unidos, além de outros paí­ses. É uma espé­cie de árvo­re mui­to anti­ga e per­ten­ce à medi­ci­na supe­ri­or na Alemanha e na França. A plan­ta é rica em anti­o­xi­dan­tes que são usa­dos para aumen­tar o flu­xo san­guí­neo para os folí­cu­los ou raí­zes capi­la­res no cou­ro cabe­lu­do. Isso aju­da a for­ta­le­cer e esti­mu­lar o eixo capi­lar.
  • Dong Quai: O DHT é con­si­de­ra­do uma das prin­ci­pais cau­sas de que­da de cabe­lo, e Dong Quai con­tém fito­es­tro­gê­ni­os que aju­dam a pre­ve­nir a for­ma­ção de DHT. Acredita-se que a erva esti­mu­la o cres­ci­men­to duran­te a cal­ví­cie. Dong Quai em com­bi­na­ção com a raiz urti­ga é dito ser um tra­ta­men­to mui­to efi­caz para a que­da de cabe­lo, que está dis­po­ní­vel hoje.
  • Urtiga Raiz: Acredita-se que a apli­ca­ção da raiz de urti­ga no cou­ro cabe­lu­do esti­mu­la o cres­ci­men­to do cabe­lo. A raiz da urti­ga ou a urti­ga comum exis­te há mui­to tem­po e é usa­da em inú­me­ros tra­ta­men­tos para uma gran­de vari­e­da­de de doen­ças. É um blo­que­a­dor DHT mui­to for­te, mas qual­quer pes­soa que toma medi­ca­men­tos pres­cri­tos deve entrar em con­ta­to com um médi­co antes de ini­ci­ar o tra­ta­men­to raiz das col­mei­as.

Como tratar a calvície masculina

Uma por­cen­ta­gem bas­tan­te gran­de da popu­la­ção mas­cu­li­na come­ça a per­der cabe­lo com a ida­de na área dos tem­plos. À medi­da que a que­da de cabe­lo con­ti­nua com o tem­po, ela se espa­lha para a par­te supe­ri­or da cabe­ça. À medi­da que a que­da de cabe­lo con­ti­nua a se espa­lhar, tam­bém pode afe­tar o cabe­lo nas late­rais da cabe­ça e na par­te de trás da cabe­ça, cau­san­do cal­ví­cie com­ple­ta. Certamente não é uma foto mui­to boni­ta!

O que exa­ta­men­te é cal­ví­cie mas­cu­li­na? Quando o hormô­nio mas­cu­li­no tes­tos­te­ro­na é con­ver­ti­do em DHT (dihi­dro­tes­tos­te­ro­na), afe­ta os folí­cu­los capi­la­res enco­lhen­do-os. O enco­lhi­men­to é cau­sa­do por tra­ços gené­ti­cos her­da­dos e pode não afe­tar todos os homens em geral da mes­ma for­ma.

Estima-se que cer­ca de 40% da popu­la­ção mas­cu­li­na será afe­ta­da pela cal­ví­cie mas­cu­li­na quan­do atin­gi­rem a mar­ca de 40. É melhor tomar medi­das pre­ven­ti­vas do que espe­rar pela per­da de todos os cabe­los. Há uma ampla gama de pílu­las, loções, cre­mes e sham­po­os para resol­ver o pro­ble­ma. Uma manei­ra de com­ba­ter a que­da de cabe­lo é con­tro­lar os níveis de DHT no cor­po.

Saw Palmetto foi iden­ti­fi­ca­do como um suple­men­to de ervas que pode aju­dar a pre­ve­nir ou parar a cal­ví­cie mas­cu­li­na. Cientistas que rea­li­za­ram tes­tes exten­si­vos des­co­bri­ram que a erva era efi­caz no tra­ta­men­to de homens care­cas. Saw Palmetto é uma manei­ra de tra­tar o cor­po de den­tro.

Outro méto­do é mas­sa­ge­ar o cou­ro cabe­lu­do dia­ri­a­men­te por cer­ca de 15 minu­tos. Por que não faz isso enquan­to assis­te um pro­gra­ma de TV favo­ri­to? Não vai pare­cer cha­to para você e você não pre­ci­sa agen­dar nenhum horá­rio espe­ci­al para a mas­sa­gem diá­ria. A mas­sa­gem deve ser um estí­mu­lo sua­ve das raí­zes para per­mi­tir o cres­ci­men­to do cabe­lo. Os folí­cu­los capi­la­res pros­pe­ram atra­vés de boa cir­cu­la­ção san­guí­nea, sem a qual eles vão enco­lher e mor­rer. Através da mas­sa­gem no cou­ro cabe­lu­do, os folí­cu­los são bem for­ne­ci­dos com nutri­en­tes vitais para per­mi­tir o cres­ci­men­to capi­lar.

Os chi­ne­ses estão cien­tes do poder da ser­ra pal­me­ta, raiz de urti­ga e outras ervas que aju­dam a man­ter o cres­ci­men­to sau­dá­vel e exu­be­ran­te do cabe­lo. Os remé­di­os à base de plan­tas vêm de cren­ças e cos­tu­mes anti­gos, mas as pes­so­as expe­ri­men­ta­ram a efi­cá­cia das ervas em pri­mei­ra mão. Por exem­plo, um suple­men­to diá­rio de até 1.500 mili­gra­mas de pal­me­ta de ser­ra pode impe­dir que a cal­ví­cie mas­cu­li­na se espa­lhe dia­ri­a­men­te. A erva está dis­po­ní­vel na mai­o­ria das far­má­ci­as e cen­tros de nutri­ção e é bara­ta.

Tratamentos de queda de cabelo leve infravermelho e UV

Os tra­ta­men­tos de que­da de cabe­lo vão des­de solu­ções natu­rais, como remé­di­os à base de plan­tas até pro­ce­di­men­tos cirúr­gi­cos para pro­ble­mas mais com­ple­xos. Há uma vari­e­da­de de tra­ta­men­tos para cobrir dife­ren­tes tipos de que­da de cabe­lo. Basicamente, a que­da de cabe­lo é per­ma­nen­te ou tem­po­rá­ria. No entan­to, a luz UV e os tra­ta­men­tos infra­ver­me­lhos são uma com­bi­na­ção de pro­ce­di­men­tos médi­cos com solu­ções natu­rais.

Tanto o ultra­vi­o­le­ta (UV) quan­to a luz infra­ver­me­lha são ondas de luz que tra­zem vári­as van­ta­gens aos folí­cu­los capi­la­res. Quando a luz UV ou infra­ver­me­lha é dire­ci­o­na­da para áre­as do cou­ro cabe­lu­do onde ocor­reu a que­da de cabe­lo, a luz aju­da na cir­cu­la­ção san­guí­nea, aumen­ta o for­ne­ci­men­to de oxi­gê­nio e nutri­en­tes e a ati­vi­da­de celu­lar. Com o uso ade­qua­do, ambos os tipos de luz pro­mo­vem uma fase de cres­ci­men­to capi­lar mais lon­ga e encur­tam a dura­ção da fase de des­can­so do cabe­lo.

O tra­ta­men­to leve UV é con­si­de­ra­do um tra­ta­men­to rela­ti­va­men­te segu­ro e não inva­si­vo da que­da de cabe­lo. As pre­cau­ções apro­pri­a­das são toma­das para garan­tir que a luz UV não quei­me ou expo­nha a pele à radi­a­ção. Se um paci­en­te se sub­me­ter a tra­ta­men­to infra­ver­me­lho ou luz UV, ele deve sen­tar-se sob o dis­po­si­ti­vo por 15–30 minu­tos enquan­to a luz é dire­ci­o­na­da para as áre­as care­cas do cou­ro cabe­lu­do. Este tipo de tra­ta­men­to é livre de dor e des­con­for­to.

Até o momen­to, todos os tra­ta­men­tos infra­ver­me­lhos e leves UV para que­da de cabe­lo têm mos­tra­do resul­ta­dos con­sis­ten­tes ape­nas com leve que­da de cabe­lo. Por exem­plo, em pes­so­as que ape­nas come­ça­ram a expe­ri­men­tar um afi­na­men­to do cabe­lo ou leve que­da de cabe­lo. Não se sabe que não se bene­fi­cie des­se tipo de tra­ta­men­to pes­so­as que sofrem de que­da de cabe­lo a lon­go pra­zo ou de que­da de cabe­lo gra­ve devi­do a um aci­den­te ou doen­ça gra­ve. Além dis­so, os tra­ta­men­tos infra­ver­me­lhos e leves UV não foram bem suce­di­doscom que­da tem­po­rá­ria de cabe­lo.

A melhor manei­ra de deter­mi­nar se você é o can­di­da­to ide­al para tra­ta­men­to de luz UV ou infra­ver­me­lho é con­sul­tar um médi­co. É impor­tan­te que você pri­mei­ro deter­mi­ne a cau­sa da que­da de cabe­lo. Você pode não pre­ci­sar de tra­ta­men­to leve. Por exem­plo, se a que­da de cabe­lo é uma rea­ção do cor­po a uma dro­ga que você está toman­do, a inter­rup­ção da medi­ca­ção garan­ti­rá que a que­da de cabe­lo seja rever­ti­da a tem­po.

Uma pala­vra de cau­te­la,luz UV e tra­ta­men­tos infra­ver­me­lhos geral­men­te for­ne­cem cer­ca de 50% de cres­ci­men­to capi­lar em pes­so­as que foram sub­me­ti­das ao tra­ta­men­to. No entan­to, não há garan­tia de que o efei­to do tra­ta­men­to dura­rá mui­to tem­po. O novo cres­ci­men­to do cabe­lo pode pare­cer fino ou apa­re­cer em man­chas. O bom é que os tra­ta­men­tos têm uma taxa de suces­so de 90% ao parar a que­da de cabe­lo.

Coçando couro cabeludo leva à queda de cabelo

A sín­dro­me de cocei­ra do cou­ro cabe­lu­do é mui­tas vezes cunha­da com a que­da do cabe­lo. Essa con­di­ção é irri­tan­te de vári­as manei­ras, pois não só temos que lidar com a cocei­ra, mas tam­bém enfren­tar o fato de per­der­mos o cabe­lo. A boa notí­cia é que a que­da de cabe­lo no cou­ro cabe­lu­do é um pro­ble­ma tem­po­rá­rio; o cabe­lo cres­ce de vol­ta assim que a cocei­ra é tra­ta­da. Todos os dias é de se espe­rar uma cer­ta que­da de cabe­lo. A que­da de cabe­lo é um pro­ble­ma se a per­da for mai­or do que o nível nor­mal de que­da de cabe­lo por dia.

Por que temos uma cocei­ra no cou­ro cabe­lu­do em pri­mei­ro lugar e qual é a cone­xão com a que­da de cabe­lo? Se o cou­ro cabe­lu­do se secre­ta com óleo exces­si­vo, o ter­mo médi­co para o pro­ble­ma é dises­te­sia do cou­ro cabe­lu­do. O óleo ou o sebo é na ver­da­de uma capa pro­te­to­ra para o eixo folí­cu­lo. O óleo for­ne­ce ao cabe­lo os nutri­en­tes neces­sá­ri­os. Quando a quan­ti­da­de de óleo exce­de a quan­ti­da­de nor­mal, a pele infla­ma e cau­sa uma cocei­ra cons­tan­te. Quando nos arra­nha­mos por cau­sa da cocei­ra, a pele come­ça a se dis­se­mi­nar. O dimen­si­o­na­men­to tor­na o cou­ro cabe­lu­do sus­ce­tí­vel a infec­ções bac­te­ri­a­nas e fún­gi­cas, o que tor­na o cou­ro cabe­lu­do mais for­te­men­te.

Produtos quí­mi­cos duros nos pro­du­tos de cui­da­dos capi­la­res e a sujei­ra no ar aumen­tam a irri­ta­ção e fazem o cou­ro cabe­lu­do coçar ain­da mais. Isso faz com que o cabe­lo falhe devi­do à cocei­ra e exces­so de óleo. Quando os folí­cu­los são dani­fi­ca­dos, o cabe­lo falha por­que não rece­be mais os nutri­en­tes neces­sá­ri­os para se man­ter sau­dá­vel.

Aqui estão algu­mas suges­tões para cui­dar do cou­ro cabe­lu­do coçan­do e pre­ve­nin­do a que­da de cabe­lo:

Pare de usar coran­tes duros e outros pro­du­tos qui­mi­ca­men­te con­ta­mi­na­dos. Só por­que um pro­du­to anun­cia a lua, não há razão para sair cor­ren­do e com­prá-lo. Mude seu sham­poo; pode ser a cau­sa da irri­ta­ção. São os pro­du­tos quí­mi­cos em sham­po­os que remo­vem os óle­os natu­rais exis­ten­tes do cabe­lo. Shampoos natu­rais são mais ade­qua­dos para cabe­los, e mui­tos deles con­têm pro­pri­e­da­des anti­bac­te­ri­a­nas e anti­fún­gi­cas para parar a cocei­ra e eli­mi­nar a infec­ção.

Isso não deve ser um insul­to, mas a higi­e­ne pes­so­al é essen­ci­al para man­ter um cou­ro cabe­lu­do sau­dá­vel. Lave o cabe­lo assim que ficar gor­du­ro­so ou sujo. Se você este­ve na poei­ra o dia todo, lave o cabe­lo. As pes­so­as que estão ao ar livre têm que lavar o cabe­lo todos os dias. Aqueles que se exer­ci­tam regu­lar­men­te devem lavar o cabe­lo pelo menos em dias alter­na­ti­vos. Se você é mais pro­pen­so a ficar em casa, deve estar tudo bem lavar o cabe­lo duas vezes por sema­na.

Coma de for­ma sau­dá­vel e evi­te pro­du­tos quí­mi­cos seve­ros e tra­ta­men­tos tér­mi­cos para o cabe­lo.

Terapia de queda de cabelo a laser

Como vive­mos em um mun­do de tec­no­lo­gia avan­ça­da, não é de sur­pre­en­der que a tec­no­lo­gia este­ja sen­do usa­da para evi­tar a que­da de cabe­lo. As clí­ni­cas de que­da de cabe­lo ofe­re­cem tec­no­lo­gia de laser atra­vés de pro­gra­mas medi­ca­men­te ori­en­ta­dos para parar e pre­ve­nir a que­da de cabe­lo. A tera­pia é com­bi­na­da com vári­os pro­du­tos capi­la­res e nutri­en­tes para homens e mulhe­res.

A tera­pia capi­lar a laser é um méto­do não cirúr­gi­co para tra­ta­men­to cos­mé­ti­co de que­da de cabe­lo, pro­ble­mas no cou­ro cabe­lu­do e afi­na­men­to do cabe­lo. Há mais de 30 anos, a tec­no­lo­gia de cabe­lo a laser pas­sou por uma série de tes­tes para garan­tir a segu­ran­ça do pro­ces­so.

Ao usar um dis­po­si­ti­vo laser, a tec­no­lo­gia de luz laser infra­ver­me­lha de bai­xo nível é usa­da no cou­ro cabe­lu­do e no cabe­lo para pro­mo­ver um cres­ci­men­to melhor, mais rico e mais com­ple­to do cabe­lo. O dis­po­si­ti­vo laser é seme­lhan­te ao seca­dor de cabe­lo usu­al encon­tra­do em salões de bele­za e em casa. O dis­po­si­ti­vo apli­ca um laser frio dire­ta­men­te no cou­ro cabe­lu­do para esti­mu­lar a cir­cu­la­ção san­guí­nea, o que, por sua vez, pode pro­mo­ver um melhor cres­ci­men­to capi­lar.

Há inú­me­ros estu­dos sobre os bene­fí­ci­os da luz sobre o cres­ci­men­to capi­lar. Se você pen­sar sobre isso, você vai notar que o cabe­lo cres­ce mais rápi­do no verão devi­do à luz do que no inver­no. No verão, a cir­cu­la­ção san­guí­nea é melho­ra­da pela luz ver­me­lha dos rai­os sola­res. Isso, por sua vez, esti­mu­la os folí­cu­los capi­la­res para pro­mo­ver um melhor cres­ci­men­to capi­lar.

A tera­pia de luz laser usa um con­cei­to seme­lhan­te para dar aos folí­cu­los capi­la­res o impul­so da luz ver­me­lha. Esta luz vem do dis­po­si­ti­vo laser, que vem em uma frequên­cia pre­ci­sa para repa­rar o cabe­lo e revi­ta­li­zar os folí­cu­los.

Benefícios da terapia capilar a laser

As van­ta­gens da tera­pia capi­lar a laser são múl­ti­plas:

  • A tera­pia capi­lar a laser é um pro­ce­di­men­to sim­plesque é rea­li­za­do sem dor e des­con­for­to. Com base no prin­cí­pio de que a ener­gia da luz é absor­vi­da pela maté­ria escu­ra, nes­te caso os cabe­los, os folí­cu­los e o cou­ro cabe­lu­do, os folí­cu­los e o cou­ro cabe­lu­do rece­bem a esti­mu­la­ção neces­sá­ria para pro­du­zir melhor cres­ci­men­to capi­lar. Recomenda-se que o tra­ta­men­to seja rea­li­za­do ape­nas por um téc­ni­co a laser qua­li­fi­ca­do e expe­ri­en­te.
  • A tera­pia capi­lar a laser é ampla­men­te uti­li­za­da e a mai­o­ria dos der­ma­to­lo­gis­tas pode ofe­re­cer o tra­ta­men­to a um pre­ço aces­sí­vel. O tra­ta­men­to tem se mos­tra­do bené­fi­co, pois per­mi­te um melhor cres­ci­men­to capi­lar que pare­ça mais espes­so e mais com­ple­to.
  • A laser­te­ra­pia não envol­ve nenhum tipo de cirur­gia; é um méto­do não cirúr­gi­co que pro­mo­ve o cres­ci­men­to capi­lar. Nenhum efei­to cola­te­ral é conhe­ci­do como o tra­ta­men­to reno­va o cou­ro cabe­lu­do sem dani­fi­cá-lo.

Gravidez e queda de cabelo

Devido às múl­ti­plas mudan­ças físi­cas e men­tais que ocor­rem duran­te esse perío­do, as mulhe­res mui­tas vezes sofrem que­da de cabe­lo logo após o nas­ci­men­to da cri­an­ça. Durante esse tem­po, mudan­ças hor­mo­nais ocor­rem no cor­po. Uma vez que cada mulher é úni­ca, supõe-se que as mes­mas mudan­ças não ocor­rem de for­ma seme­lhan­te em todas as mulhe­res.

As mudan­ças são base­a­das no tipo cor­po­ral, estru­tu­ras hor­mo­nais, saú­de e cui­da­dos duran­te e após a gra­vi­dez. A que­da de cabe­lo ocor­re em algu­mas mulhe­res logo após ou mes­mo duran­te a gra­vi­dez. De acor­do com as esta­tís­ti­cas, cer­ca de 75% das mulhe­res entre­vis­ta­das tive­ram algum tipo de que­da de cabe­lo após o nas­ci­men­to da cri­an­ça.

O que desen­ca­deia a que­da de cabe­lo nas mulhe­res quan­do a gra­vi­dez aca­ba? Como a mai­o­ria de nós sabe, per­de­mos entre 25 e 100 cabe­los por dia em nos­sas cabe­ças. Isso é natu­ral e ocor­re duran­te a esco­va­ção, sono, lava­gem de cabe­lo e mas­sa­ge­a­men­to do cou­ro cabe­lu­do. O cabe­lo pas­sa por três fases, sen­do a últi­ma delas a fase telo­gen, na qual o cabe­lo des­can­sa antes de cair duran­te a esco­va­ção ou lava­gem.

Se uma mulher está grá­vi­da, o cabe­lo é menor. Entre as mudan­ças hor­mo­nais no cor­po estão o aumen­to dos níveis dos hormô­ni­os femi­ni­nos estro­gê­nio e pro­ges­te­ro­na. Esses hormô­ni­os pre­vi­nem a que­da de cabe­lo, que nor­mal­men­te deve falhar todos os dias. Durante a gra­vi­dez, as mulhe­res podem se deco­rar com seus cabe­los de volu­me extra gros­so. Após o nas­ci­men­to da cri­an­ça, o meta­bo­lis­mo come­ça a esta­bi­li­zar, os níveis hor­mo­nais vol­tam aos níveis nor­mais e à vida como sabía­mos antes da fase de gra­vi­dez reco­me­çar. O resul­ta­do é que o cabe­lo come­ça a cair. Lembre-se que na fase de des­can­so há mui­tos cabe­los que deve­ri­am ter caí­do, mas não caí­ram. Isso pode fazer com que a que­da de cabe­lo pare­ça mui­to gra­ve, mas não cau­sa cal­ví­cie.

Devemos men­ci­o­nar que, em algu­mas mulhe­res, o estres­se pós-gra­vi­dez cau­sa­do pela mater­ni­da­de e per­da de nutri­en­tes por ama­men­ta­ção pode cau­sar que­da de cabe­lo.

Uma vez que o cabe­lo é mais pro­pen­so à que­da de cabe­lo após o nas­ci­men­to da cri­an­ça, deve­mos ter cer­te­za de que o cabe­lo é tra­ta­do com cui­da­do. Use um pen­te de den­ta­do lar­go e ten­te evi­tar pen­te­ar o cabe­lo quan­do esti­ver molha­do. Idealmente, o cabe­lo deve ser seco natu­ral­men­te e sem o uso de um seca­dor de cabe­lo.

O uso de sham­po­os e enxá­gues de ervas con­tri­bui sig­ni­fi­ca­ti­va­men­te para o cui­da­do do cou­ro cabe­lu­do e folí­cu­los capi­la­res. Evite o uso de pro­du­tos quí­mi­cos agres­si­vos. Não amar­re o cabe­lo com mui­ta for­ça, pois ele pode facil­men­te que­brar.

A die­ta cer­ta, que é cheia de nutri­en­tes, é boa para o bebê e para o cabe­lo. Adicionar mui­ta pro­teí­na à sua die­ta aju­da a for­ta­le­cer seu cabe­lo.

Prevenção da queda de cabelo — entendendo o que causa

Você tem algum pro­ble­ma com afi­na­men­to ou que­da de cabe­lo? Nem tudo está per­di­do, por­que há tra­ta­men­tos que pre­vi­nem a que­da de cabe­lo. Então pare as lágri­mas e vamos tra­ba­lhar e pri­mei­ro des­co­brir o que cau­sa a que­da de cabe­lo, e segun­do, como encon­trar o tra­ta­men­to cer­to para o pro­ble­ma.

As cau­sas mais comuns de que­da de cabe­lo são atri­buí­das a genes here­di­tá­ri­os, dis­túr­bi­os hor­mo­nais, infec­ções no cou­ro cabe­lu­do, gra­vi­dez, estres­se extre­mo, víci­os e doen­ças. Certas doen­ças, como infec­ções por tire­oi­de e fún­gi­cos, bem como rin­gli­chen­cans tam­bém podem con­tri­buir para a que­da de cabe­lo.

Existem cer­tos medi­ca­men­tos que podem desen­ca­de­ar a que­da de cabe­lo, como medi­ca­men­tos para gota, anti­co­a­gu­lan­tes e pílu­las anti­con­cep­ci­o­nais. Este tipo de que­da de cabe­lo é geral­men­te mui­to repen­ti­no e pode ser tra­ta­do.

Outras cau­sas que podem levar à que­da de cabe­lo inclu­em qui­mi­o­te­ra­pia, alte­ra­ções hor­mo­nais como meno­pau­sa, die­tas de aci­den­tes e radi­a­ção. Também os cha­ma­dos estres­so­res podem levar à que­da de cabe­lo, por exem­plo, usan­do rabos de cava­lo aper­ta­dos, corn­rows, win­ders e tran­ças, que puxam o cabe­lo, cica­tri­zam o cou­ro cabe­lu­do e matam as raí­zes. Isso pode levar à que­da de cabe­lo per­ma­nen­te assim que as raí­zes forem dani­fi­ca­das.

Finalmente, há uma série de tra­ta­men­tos de bele­za que só dani­fi­cam os folí­cu­los capi­la­res. E nós real­men­te paga­mos por esses tra­ta­men­tos! Tratamentos com óleo quen­te, coran­tes quí­mi­cos, agen­tes de rela­xa­men­to, ondas per­ma­nen­tes e outras for­mas de tra­ta­men­to capi­lar podem levar à infla­ma­ção dos folí­cu­los capi­la­res. Isso leva a cica­tri­zes e que­da de cabe­lo.

A menos que seu pro­ble­ma de que­da de cabe­lo seja here­di­tal, a que­da de cabe­lo pode ser um sinal de uma for­ma de dese­qui­lí­brio no cor­po. Você pre­ci­sa lidar com a situ­a­ção e ver o seu médi­co pri­mei­ro. Uma vez iden­ti­fi­ca­da a causa,devem ser fei­tas alte­ra­ções na die­ta.

É melhor eli­mi­nar todos os ali­men­tos com alto teor de sódio, gor­du­ra e açú­car; Sim, isso infe­liz­men­te sig­ni­fi­ca todos os deli­ci­o­sos junk food, gor­du­ras pro­ces­sa­das e açú­ca­res refi­na­dos. Isso aju­da­rá efe­ti­va­men­te a retar­dar o pro­ces­so de que­da de cabe­lo.

As melho­res die­tas são die­tas ami­gá­veis ao cabe­lo ricas em fer­ro e síli­ca. O fer­ro é útil para banir a ane­mia que cau­sa que­da de cabe­lo. A síli­ca for­ta­le­ce os folí­cu­los capi­la­res e aju­da a recres­cer o cabe­lo. Tente limi­tar a inges­tão de cafeí­na e outras bebi­das açu­ca­ra­das. Mantenha o con­su­mo de álco­ol sob con­tro­le e peça ao seu médi­co um suple­men­to vita­mí­ni­co. Se a die­ta é rica em vita­mi­nas, fer­ro, zin­co, potás­sio e áci­do fóli­co, você geral­men­te deve se dar bem no depar­ta­men­to capi­lar.

Evite a queda de cabelo com azeite

As oli­vei­ras remon­tam ao mais lon­ge pos­sí­vel do perío­do neo­lí­ti­co, e os bene­fí­ci­os des­ta incrí­vel árvo­re foram pas­sa­dos ao lon­go de sécu­los. O azei­te de oli­va, como o poe­ta gre­go Homero o cha­mou de “ouro líqui­do”, sem­pre foi uma fon­te médi­ca para as pes­so­as. O azei­te está inti­ma­men­te rela­ci­o­na­do à pre­ven­ção da que­da de cabe­lo por mas­sa­gens de azei­te.

Cada um de nós per­de uma cer­ta quan­ti­da­de de cabe­lo todos os dias, mas se a que­da de cabe­lo vai além do padrão acei­to, tor­na-se moti­vo de pre­o­cu­pa­ção. Existem mui­tas razões pelas quais per­de­mos o cabe­lo devi­do ao enve­lhe­ci­men­to natu­ral, doen­ças, doen­ças de pele, infec­ções e mui­to mais.

Como já men­ci­o­na­do, o azei­te de oli­va pode ofe­re­cer os seguin­tes bene­fí­ci­os para o cabe­lo:

O azei­te tem pro­pri­e­da­des anti­bac­te­ri­a­nas natu­rais e é rico em anti­o­xi­dan­tes que têm sido mos­tra­dos para blo­que­ar o pro­ces­so de enve­lhe­ci­men­to do cor­po. Devido às pro­pri­e­da­des anti­bac­te­ri­a­nas e anti­fún­gi­cas, a que­da de cabe­lo cau­sa­da pelos pro­du­tos quí­mi­cos agres­si­vos comu­men­te usa­dos em pro­du­tos capi­la­res pode ser rever­ti­da e tra­ta­da. Os coran­tes capi­la­res, por exem­plo, têm pro­du­tos quí­mi­cos mui­to for­tes; esses pro­du­tos quí­mi­cos cau­sam uma rea­ção alér­gi­ca ao cou­ro cabe­lu­do e com o tem­po as raí­zes capi­la­res estão enfra­que­ci­das. O azei­te mas­sa­ge­a­do no cou­ro cabe­lu­do mini­mi­za os danos e res­tau­ra o equi­lí­brio sau­dá­vel do cou­ro cabe­lu­do para evi­tar a que­da de cabe­lo.

O azei­te tem um supri­men­to sau­dá­vel de nutri­en­tes para evi­tar a for­ma­ção de DHT. DHT ou dihi­dro­tes­tos­te­ro­na é um hormô­nio noci­vo que faz com que os folí­cu­los capi­la­res enco­lham e o cres­ci­men­to capi­lar é mais fino ou não está mais pre­sen­te. O uso regu­lar do azei­te blo­queia a for­ma­ção de HDT e efe­ti­va­men­te pre­vi­ne a que­da de cabe­lo. O óleo é natu­ral­men­te rico em vári­os nutri­en­tes, incluin­do vita­mi­na D, bio­ti­na e vita­mi­na E; esses nutri­en­tes são essen­ci­ais para o cres­ci­men­to sau­dá­vel do cabe­lo. As raí­zes absor­vem os nutri­en­tes que pro­mo­vem o cres­ci­men­to e pre­vi­nem a que­da de cabe­lo.

Tratamento da queda de cabelo com azeite

  • Use azei­te extra vir­gem, que é mis­tu­ra­do em sua for­ma mais natu­ral com óleo de coco em uma pro­por­ção de 2:1. Leve peque­nas quan­ti­da­des na pal­ma da mão e mas­sa­geie o óleo no cou­ro cabe­lu­do e no cabe­lo; a mas­sa­gem deve ser sua­ve, pois não aju­da se você puxar o cabe­lo nas raí­zes. Massagem por cer­ca de 15 minu­tos. Cubra a cabe­ça com um chu­vei­ro e dei­xe o óleo absor­ver nas raí­zes por pelo menos qua­tro horas, mas melhor duran­te a noi­te.
  • Use um sham­poo médi­co para lavar o cabe­lo e diluir o sham­poo ou usar quan­ti­da­des mui­to peque­nas dele. Tome um pou­co de sham­poo na mão para evi­tar o uso dire­to. O azei­te de oli­va está livre­men­te dis­po­ní­vel, mas um pou­co caro. No entan­to, no inte­res­se de man­ter o cabe­lo sau­dá­vel e pre­ve­nir a que­da de cabe­lo, é um inves­ti­men­to que vale a pena.

Reponha a queda de cabelo com a mesoterapia

Você está ator­men­ta­do pelo pro­ble­ma de afi­nar o cabe­lo? Experimente a meso­te­ra­pia, um tra­ta­men­to cos­mé­ti­co que inclui uma téc­ni­ca não cirúr­gi­ca para parar a que­da de cabe­lo. O tra­ta­men­to con­sis­te em inje­tar uma mis­tu­ra espe­ci­al de dro­gas, extra­tos natu­rais, mine­rais e vita­mi­nas dire­ta­men­te no cou­ro cabe­lu­do. O tra­ta­men­to faz com que os folí­cu­los capi­la­res sejam ali­men­ta­dos com todos os nutri­en­tes que fal­ta­ram que cau­sa­ram a que­da de cabe­lo em pri­mei­ro lugar.

A meso­te­ra­pia tra­ba­lha para tor­nar as raí­zes capi­la­res for­tes para con­tro­lar efe­ti­va­men­te a que­da de cabe­lo. Também aju­da a melho­rar a cir­cu­la­ção san­guí­nea para expan­dir os folí­cu­los capi­la­res enco­lhi­dos. A meso­te­ra­pia pro­mo­ve uma con­di­ção favo­rá­vel para o cres­ci­men­to capi­lar para parar a que­da de cabe­lo e pro­mo­ver o cres­ci­men­to capi­lar.

Qualquer um com pro­ble­mas de que­da de cabe­lo sabe bem o sufi­ci­en­te, há mui­tas cau­sas de que­da de cabe­lo. Esta é pro­va­vel­men­te a pri­mei­ra área onde ten­de­mos a des­co­brir por que nos­sos lin­dos cachos aca­bam em uma esco­va de cabe­lo e um ralo no banhei­ro. Assim como exis­tem vári­as cau­sas do pro­ble­ma de que­da de cabe­lo, há tam­bém vári­os tra­ta­men­tos. A meso­te­ra­pia é um tra­ta­men­to con­si­de­ra­do segu­ro e efi­caz no tra­ta­men­to de diver­sos tipos de que­da de cabe­lo (alo­pe­cia).

O tra­ta­men­to con­sis­te em uma série de micro-inje­ções com peque­nas doses de nutri­en­tes ati­vos. As inje­ções são admi­nis­tra­das em dife­ren­tes pon­tos do cou­ro cabe­lu­do; a solu­ção de nutri­en­tes é pres­si­o­na­da na cama­da de gor­du­ra sob o cou­ro cabe­lu­do, que é cha­ma­do de meso­der­mia, de onde o tra­ta­men­to rece­beu seu nome. Uma arma espe­ci­al de meso­te­ra­pia é equi­pa­da com uma peque­na agu­lha esté­ril para inser­ção no cou­ro cabe­lu­do. A agu­lha é empur­ra­da até uma pro­fun­di­da­de de 2–3 mm no cou­ro cabe­lu­do, mas o pro­ce­di­men­to é rea­li­za­do sem anes­te­sia. A dura­ção do tra­ta­men­to varia de alguns meses a um ano. A dura­ção depen­de da gra­vi­da­de do pro­ble­ma e do núme­ro cor­res­pon­den­te de ses­sões que o paci­en­te pre­ci­sa.

Pequenos pro­ble­mas de afi­na­men­to geral­men­te reque­rem 3–8 ses­sões de meso­te­ra­pia. Em caso de que­da de cabe­lo gra­ve, o tra­ta­men­to pode exi­gir 10 ou mais ses­sões para se mos­trar efi­caz. As inje­ções são dis­tri­buí­das com uma lacu­na de uma sema­na ou um mês, depen­den­do do que o médi­co deci­dir. Cada ses­são dura cer­ca de 30–45 minu­tos; para cada ses­são, uma par­te dife­ren­te do cou­ro cabe­lu­do é inje­ta­da.

A meso­te­ra­pia só é efi­caz em célu­las vivas; em célu­las mor­tas, o tra­ta­men­to não fun­ci­o­na. Portanto, é melhor con­sul­tar um médi­co para ver a ver­da­dei­ra natu­re­za do pro­ble­ma e rea­li­zar exa­mes para deter­mi­nar se vale a pena inves­tir no tra­ta­men­to. É um tra­ta­men­to de lon­go pra­zo e não se deve espe­rar alcan­çar resul­ta­dos da noi­te para o dia. Pode mui­to bem levar 6 meses para você ver um novo cres­ci­men­to capi­lar.

Shampoo para queda de cabelo

As pes­so­as ficam per­gun­tan­do se xam­pus podem des­fa­zer a que­da de cabe­lo. Em suma, alguns sham­po­os podem ter um impac­to posi­ti­vo na que­da de cabe­lo, paran­do a que­da de cabe­lo e até pro­mo­ven­do algum grau de cres­ci­men­to. Em geral, porém, o ingre­di­en­te ati­vo no sham­poo deter­mi­na a efi­cá­cia do pro­du­to.

Precisamos ter cui­da­do ao esco­lher um sham­poo com base nas infor­ma­ções pro­mo­ci­o­nais for­ne­ci­das para o pro­du­to. Existem sham­po­os médi­cos, mas é melhor pro­cu­rar o con­se­lho do seu médi­co, pois nem todos os pro­du­tos são ade­qua­dos para todos. Os fato­res a con­si­de­rar inclu­em o tipo de que­da de cabe­lo, a gra­vi­da­de da que­da de cabe­lo, o esta­do atu­al de saú­de e quais­quer medi­ca­men­tos toma­dos.

DHT é um hormô­nio pro­du­zi­do por uma enzi­ma, um sub­pro­du­to da tes­tos­te­ro­na hor­mo­nal mas­cu­li­na. De fato, pes­qui­sas têm demons­tra­do que a DHT é, na mai­o­ria dos casos, a prin­ci­pal cau­sa da que­da here­di­tá­ria e da cal­ví­cie do padrão mas­cu­li­no.

O pep­tí­deo de timo é um com­po­nen­te ati­vo dos sham­po­os de que­da de cabe­lo. É efi­caz por­que pene­tra nos folí­cu­los capi­la­res, que lim­pa e libe­ra poros para cri­ar um novo cres­ci­men­to capi­lar. Shampoos que afir­mam efi­cá­cia no tra­ta­men­to da que­da de cabe­lo basei­am suas ale­ga­ções sobre o fato de que a que­da de cabe­lo é uma doen­ça autoi­mu­ne. Os pep­tí­de­os no sham­poo são usa­dos para man­ter os folí­cu­los capi­la­res lim­pos e des­blo­que­a­dos, a fim de pro­du­zir o cres­ci­men­to capi­lar.

Existem sham­po­os que con­têm subs­tân­ci­as vege­tais que efe­ti­va­men­te neu­tra­li­zam o hormô­nio DHT, que blo­queia folí­cu­los capi­la­res e, assim, impe­de o cres­ci­men­to capi­lar. Através do uso con­sis­ten­te do sham­poo, o novo cres­ci­men­to capi­lar come­ça a se desen­vol­ver den­tro de 4 sema­nas após a tera­pia de sham­poo. O uso de sham­po­os com pep­tí­de­os de timo pri­mei­ro aju­da a dimi­nuir a que­da de cabe­lo e, em segui­da, pro­mo­ve o cres­ci­men­to capi­lar. O novo cres­ci­men­to capi­lar pode levar até três meses para esca­par dos folí­cu­los.

Estudos clí­ni­cos mos­tra­ram que nem todos os sham­po­os são efi­ca­zes para todas as pes­so­as. É uma ques­tão de ten­ta­ti­va e erro real­men­te encon­trar um sham­poo que fun­ci­o­na para o seu tipo de pro­ble­ma de que­da de cabe­lo.

Existem sham­po­os que con­têm tri­co­tes, um ingre­di­en­te ati­vo que é útil para engros­sar o eixo capi­lar. Isso cria a apa­rên­cia de mais cabe­lo do que real­men­te está pre­sen­te. O que ele faz é que ele pára a que­da de cabe­lo de for­ma bas­tan­te efi­caz. Existem sham­po­os que engros­sam o cabe­lo, cobrem áre­as de afi­na­men­to, aumen­tam o volu­me e ali­men­tam os cabe­los exis­ten­tes para evi­tar que­bras e que­da de cabe­lo pre­ma­tu­ra.

Outra con­si­de­ra­ção ao esco­lher um sham­poo é com­bi­nar com o seu tipo de cabe­lo. Se você tem cabe­lo ole­o­so, você pre­ci­sa esco­lher um sham­poo ade­qua­do para cabe­los ole­o­sos. Não faz sen­ti­do com­prar um sham­poo para cabe­los secos se o pro­ble­ma do cabe­lo for com­pos­to por sebo ou óleo exces­si­vo.

Você deve considerar a cirurgia de redução do couro cabeludo?

Você tem um pro­ble­ma de que­da de cabe­lo que leva a man­chas care­cas no cou­ro cabe­lu­do? Pode ser que o cabe­lo seja dra­ma­ti­ca­men­te diluí­do em cer­tos pon­tos do cou­ro cabe­lu­do, de modo que pare­ça qua­se care­ca. Cirurgia para redu­ção do cou­ro cabe­lu­do é uma for­ma de tra­ta­men­to que pode aju­dar com o seu tipo de pro­ble­ma de que­da de cabe­lo. É sem­pre reco­men­dá­vel que você con­sul­te um médi­co pri­mei­ro para tra­tar o seu pro­ble­ma. Existem espe­ci­a­lis­tas em cabe­lo que podem aju­dá-lo a deter­mi­nar a natu­re­za exa­ta do pro­ble­ma e reco­men­dar o tra­ta­men­to mais ade­qua­do para o pro­ble­ma.

O fun­ci­o­na­men­to da redu­ção do cou­ro cabe­lu­do é rea­li­za­do de duas for­mas dife­ren­tes. Um méto­do é a remo­ção de uma tira estrei­ta do cou­ro cabe­lu­do. A pele de ambos os lados da área é esti­ca­da o mais lon­ge pos­sí­vel para encon­trar e cos­tu­rar nova­men­te. Se uma área mui­to gran­de deve ser cober­ta ou a pele é excep­ci­o­nal­men­te fir­me, o méto­do de expan­são teci­du­al é apli­ca­do. Este pro­ces­so é bas­tan­te demo­ra­do e exi­ge que você con­sul­te seu médi­co vári­as vezes por sema­na. Neste pro­ce­di­men­to, um balão é inse­ri­do sob o cou­ro cabe­lu­do, que é gra­du­al­men­te infla­do. Esta ação esti­ca a pele do cou­ro cabe­lu­do, de modo que final­men­te fle­xi­bi­li­da­de sufi­ci­en­te da pele e folí­cu­los sau­dá­veis estão dis­po­ní­veis para esti­car sobre a lacu­na. Em segui­da, o cou­ro cabe­lu­do lis­tra­do é remo­vi­do e os lados cos­tu­ra­dos, mas pri­mei­ro o balão é remo­vi­do.

Este pro­ce­di­men­to geral­men­te é rea­li­za­do sob anes­te­sia local, mas algu­mas pes­so­as pedem seda­ção para se sen­ti­rem cal­mas. Para pro­te­ger o cou­ro cabe­lu­do duran­te o pro­ces­so de cura, uma tam­pa espe­ci­al deve ser usa­da e anti­bió­ti­cos devem ser toma­dos para pre­ve­nir infec­ções.

A cirur­gia para redu­ção do cou­ro cabe­lu­do é geral­men­te reco­men­da­da sob super­vi­são médi­ca. Vítimas de quei­ma­du­ras com cica­tri­zes podem se bene­fi­ci­ar des­se tra­ta­men­to. Nesses casos, as par­tes dani­fi­ca­das do cou­ro cabe­lu­do são com­ple­ta­men­te remo­vi­das para nor­ma­li­zar o apa­re­ci­men­to da cabe­ça na medi­da do pos­sí­vel. Pessoas que sofrem de cal­ví­cie no meio do cou­ro cabe­lu­do podem se bene­fi­ci­ar de um cabe­lo cheio com esse tipo de tra­ta­men­to.

Não é geral­men­te conhe­ci­do que a redu­ção do cou­ro cabe­lu­do após a cica­tri­za­ção natu­ral da feri­da cau­sa pro­ble­mas a lon­go pra­zo. Se você tem o hábi­to de usar o cabe­lo mui­to cur­to por cau­sa das man­chas care­cas, você deve con­si­de­rar se a cica­triz cau­sa­da pela cirur­gia de redu­ção do cou­ro cabe­lu­do é um pro­ble­ma.

A cirur­gia para redu­ção do cou­ro cabe­lu­do não é bara­ta nem é cober­ta pelo segu­ro. Você pre­ci­sa encon­trar o médi­co ou equi­pe cirúr­gi­ca cer­ta e com­prar um paco­te com­ple­to de cui­da­dos pré-cirur­gia, cirur­gia e pós-cirur­gia que seja mais econô­mi­co.

Terapia de células-tronco para queda de cabelo

As célu­las-tron­co podem aju­dar a aca­bar com a frus­tra­ção dura­dou­ra e o cons­tran­gi­men­to da cal­ví­cie? Durante anos, os cien­tis­tas se con­cen­tra­ram em explo­rar as pos­si­bi­li­da­des e pro­mes­sas das célu­las-tron­co em suas pes­qui­sas para encon­trar uma cura para a cal­ví­cie mas­cu­li­na e outros tipos de pro­ble­mas de que­da de cabe­lo. Através de uma pes­qui­sa tão exten­sa, há a pos­si­bi­li­da­de de que o fim este­ja à vis­ta.

A teo­ria atu­al da pes­qui­sa de célu­las-tron­co para o cres­ci­men­to capi­lar baseia-se na teo­ria pra­ti­cá­vel de como célu­las-tron­co de adul­tos podem aju­dar a pro­du­zir novos cabe­los. Por que a ênfa­se espe­ci­al em célu­las-tron­co de adul­tos? Todas as célu­las não são iguais? Nem por isso! Células-tron­co adul­tas têm a capa­ci­da­de de se rege­ne­rar ou se reno­var. As célu­las-tron­co podem se repro­du­zir exa­ta­men­te duran­te a rege­ne­ra­ção. Além dis­so, célu­las recém-for­ma­das podem se divi­dir e even­tu­al­men­te se desen­vol­ver em célu­las espe­ci­a­li­za­das. Por mani­pu­la­ção, as célu­las espe­ci­ais podem ser con­ver­ti­das em célu­las folí­cu­los capi­la­res que pro­du­zem cres­ci­men­to capi­lar e subs­ti­tu­em folí­cu­los que não podem mais fun­ci­o­nar.

Acredita-se que todo o pro­ces­so é rea­li­za­do pelo cére­bro huma­no, que emi­te sinais quí­mi­cos. Quando as célu­las-tron­co estão per­to de célu­las mori­bun­das, como os folí­cu­los capi­la­res impro­du­ti­vos, as célu­las rece­bem um sinal para migrar para a base do folí­cu­lo pilo­so mori­bun­do para come­çar a divi­são. Algumas célu­las se tor­nam par­te do folí­cu­lo em si e algu­mas se tor­nam par­te da pele que cir­cun­da o folí­cu­lo. Assim que a divi­são celu­lar é con­cluí­da e a célu­la espe­ci­al­men­te desen­vol­vi­da é con­cluí­da, folí­cu­los capi­la­res sau­dá­veis nas­cem.

A ciên­cia no seu melhor, você não acha? As pes­so­as real­men­te pre­ci­sam de tra­ta­men­to que real­men­te resol­va o pro­ble­ma da que­da de cabe­lo. Embora a teo­ria bási­ca já tenha sido esta­be­le­ci­da, mais pes­qui­sas e infor­ma­ções sobre o pro­ces­so de espe­ci­a­li­za­ção são neces­sá­ri­as. Somente se hou­ver uma com­pre­en­são cla­ra do que real­men­te cau­sa a migra­ção e espe­ci­a­li­za­ção das célu­las pode a teo­ria da per­da de cabe­lo de célu­las-tron­co ser ain­da mais desen­vol­vi­da para um nível mais defi­ni­ti­vo.

Experimentos com camun­don­gos têm se mos­tra­do bem suce­di­dos no trans­plan­te de célu­las-tron­co sau­dá­veis em camun­don­gos para pro­du­zir novos folí­cu­los capi­la­res. O cres­ci­men­to capi­lar foi obser­va­do duran­te a exe­cu­ção des­se pro­ces­so. Isso pro­va que as célu­las-tron­co envol­vi­das na pro­du­ção ou esti­mu­la­ção do cres­ci­men­to capi­lar foram iso­la­das. Uma vez que o tra­ba­lho sobre os sinais quí­mi­cos e mani­pu­la­ção celu­lar este­ja com­ple­to, será hora de ten­tar o tra­ta­men­to em huma­nos.

Espera-se que, dada a velo­ci­da­de com que a ciên­cia está avan­çan­do e novas ino­va­ções médi­cas sejam intro­du­zi­das, a cal­ví­cie dura­dou­ra pos­sa em bre­ve ser coi­sa do pas­sa­do.

A melhor dieta contra a calvície

A cul­tu­ra de fast food da América levou o país a um cocho onde a vida se tor­nou um úni­co gran­de dri­ve-through! Cabelos for­tes e sau­dá­veis pre­ci­sam de uma die­ta rica em vita­mi­nas e mine­rais para nutrir raí­zes e cou­ro cabe­lu­do. Uma die­ta rica em gor­du­ras exces­si­vas e sem nutri­en­tes só leva a pro­ble­mas de obe­si­da­de e coles­te­rol. Maus hábi­tos ali­men­ta­res são a cau­sa da que­da do cabe­lo, do des­bas­ta­do do cabe­lo e do bai­xo cres­ci­men­to.

Frutas e vege­tais natu­rais têm mui­tas pro­pri­e­da­des cura­ti­vas que aju­dam o cor­po a lutar con­tra a cal­ví­cie. Se o ali­men­to con­su­mi­do con­tém a quan­ti­da­de cer­ta de ele­men­tos de tra­ço, vita­mi­nas, mine­rais e áci­dos gra­xos essen­ci­ais, o cabe­lo se tor­na for­te o sufi­ci­en­te para supor­tar ata­ques ao cabe­lo.

DHT é um dese­qui­lí­brio hor­mo­nal dos níveis de tes­tos­te­ro­na que pode cau­sar cal­ví­cie em homens e mulhe­res. Se o ali­men­to con­su­mi­do é rico em gor­du­ras ani­mais, níveis mais altos de tes­tos­te­ro­na são libe­ra­dos na cor­ren­te san­guí­nea. O opos­to é o caso quan­do as pes­so­as con­so­mem uma die­ta com bai­xo teor de gor­du­ra. Níveis mais bai­xos de tes­tos­te­ro­na são libe­ra­dos na cor­ren­te san­guí­nea.

Um estu­do de homens japo­ne­ses que comem uma die­ta mui­to oci­den­tal des­co­briu que eles tinham pro­ble­mas com a que­da de cabe­lo. Níveis mais altos de gor­du­ra desen­ca­dei­am um cres­ci­men­to cres­cen­te das glân­du­las ole­o­sas pre­sen­tes nos folí­cu­los capi­la­res. Isso, por sua vez, pro­duz mais DHT, o que, por sua vez, cau­sa mais danos ao cabe­lo. Por essa razão, con­cluiu-se que uma die­ta com bai­xo teor de gor­du­ra pode aju­dar a redu­zir a pro­du­ção de DHT e redu­zir seus efei­tos nega­ti­vos sobre o cres­ci­men­to capi­lar. Controlar a die­ta em com­bi­na­ção com um pro­du­to para redu­zir a pro­du­ção de DHT pro­vou ser um tra­ta­men­to efi­caz para a que­da de cabe­lo.

O estu­do cons­ta­tou que evi­tar uma die­ta oci­den­ta­li­za­da é uma for­ma de pre­ve­nir a cal­ví­cie. Existem mui­tas fon­tes de pro­teí­nas com bai­xo teor de gor­du­ra, como peru, fran­go, soja e pei­xes com bai­xo teor de gor­du­ra. Outros pro­du­tos como fru­tas, fei­jões, legu­mes, legu­mi­no­sas e nozes são todos bené­fi­cos devi­do aos áci­dos gra­xos que con­tém, que pro­mo­vem o cres­ci­men­to capi­lar.

O con­su­mo de pro­teí­nas na die­ta ame­ri­ca­na está em um nível lamen­ta­vel­men­te bai­xo. Esta é uma das razões pelas quais as pes­so­as em alguns paí­ses têm um cres­ci­men­to de cabe­lo den­so na velhi­ce, enquan­to os ame­ri­ca­nos sofrem de cal­ví­cie.

Evitar ali­men­tos como bata­tas, pão e macar­rão aju­da a man­ter os níveis de insu­li­na sob con­tro­le. Se optar­mos por macar­rão e pão, eles devem ser fei­tos de tri­go inte­gral. Alimentos refi­na­dos e pro­ces­sa­dos tam­bém não são opções sau­dá­veis, pois não pos­su­em vita­mi­nas essen­ci­ais que pro­mo­vam o cres­ci­men­to sau­dá­vel do cabe­lo.

Não se esque­ça de mas­sa­ge­ar o cou­ro cabe­lu­do dia­ri­a­men­te para esti­mu­lar a cir­cu­la­ção san­guí­nea.

A ligação entre dieta e queda de cabelo

Vamos come­çar com uma decla­ra­ção repe­ti­da — a que­da de cabe­lo é nor­mal; pode haver cer­ca de 100 cabe­los todos os dias e não há moti­vo para pre­o­cu­pa­ção. Cético? De acor­do com a Clínica Mayo nos EUA, cabe­los velhos e mor­tos devem falhar para que novos cabe­los cres­çam. A que­da de cabe­lo tor­na-se um pro­ble­ma se for ine­ren­te­men­te exces­si­va e pode ser fei­ta por vári­as razões.

Uma manei­ra de pre­ve­nir a que­da de cabe­lo é comer uma die­ta sau­dá­vel e equi­li­bra­da. Os ali­men­tos que come­mos real­men­te desem­pe­nham um papel mui­to impor­tan­te no bem-estar do nos­so cabe­lo. Outra opção é inter­rom­per o uso de pro­du­tos duros para cabe­los e evi­tar seca­gem e esti­lo com alto calor. Um der­ma­to­lo­gis­ta ou um espe­ci­a­lis­ta em cabe­lo qua­li­fi­ca­do é o melhor lugar para fazer um diag­nós­ti­co cor­re­to da que­da de cabe­lo e obter o tra­ta­men­to cer­to.

Uma die­ta sau­dá­vel sig­ni­fi­ca evi­tar ali­men­tos que não têm a die­ta cer­ta. De acor­do com o Centro Médico da Universidade de Maryland, ali­men­tos ricos em anti­o­xi­dan­tes e nutri­en­tes são a die­ta mais sau­dá­vel de se lem­brar. Vegetais ver­des escu­ros, grãos inte­grais, toma­tes, pimen­tas, fru­tos e outras pro­teí­nas vege­tais e ani­mais e fon­tes de fer­ro, car­ne magra, pei­xe e len­ti­lha devem fazer par­te da die­ta nor­mal.

Se ado­tar­mos hábi­tos que arrui­nam o pro­ces­so diges­ti­vo natu­ral, aca­ba­mos com pro­pri­e­da­des diges­ti­vas ruins. Isso difi­cul­ta a diges­tão ade­qua­da da comi­da que come­mos. Deficiências de nutri­en­tes podem ser com­pen­sa­das por pre­pa­ra­ções de vita­mi­nas.

A ver­da­dei­ra cone­xão entre cabe­lo e die­ta é o fato de que o cabe­lo con­sis­te prin­ci­pal­men­te de pro­teí­nas. É lógi­co que con­su­min­do mais pro­teí­nas pode­mos ter cabe­los sau­dá­veis, mas vamos man­ter essa afir­ma­ção na pers­pec­ti­va cer­ta. Um bife todas as noi­tes para o jan­tar não vai aju­dar. Uma die­ta rica em gor­du­ra aumen­ta­rá os níveis de tes­tos­te­ro­na do cor­po, que tem sido asso­ci­a­do à que­da de cabe­lo. Leite de soja, tofu, fíga­do de viá­rio, amên­do­as, ovos, iogur­te e quei­jo com bai­xo teor de gor­du­ra são bons ali­men­tos para adi­ci­o­nar à sua die­ta.

Aqui está algo que você nor­mal­men­te não ouve — a síli­ca é óti­ma para per­mi­tir que o cor­po absor­va vita­mi­nas e mine­rais. Se o cor­po não tiver uma quan­ti­da­de sufi­ci­en­te de síli­ca, todos os suple­men­tos vita­mí­ni­cos do mun­do não aju­da­rão. Adicione bro­tos de fei­jão, bata­tas, pepi­nos e pimen­tas com a pele à sua die­ta. Das mudas, pimen­tas e pepi­nos você pode pre­pa­rar uma sala­da — o con­su­mo de sala­das cru­as ofe­re­ce ao cor­po a die­ta mais alta pos­sí­vel.

Os efeitos da queda de cabelo nos homens

A que­da de cabe­lo em huma­nos é um pro­ces­so natu­ral, mas a gra­vi­da­de da que­da de cabe­lo varia de pes­soa para pes­soa. Homens e mulhe­res são afe­ta­dos pela que­da de cabe­lo, mas a mai­o­ria dos afe­ta­dos pare­cem ser homens. Por que os homens per­dem o cabe­lo? Há vári­as teo­ri­as e mui­ta pes­qui­sa nes­te cam­po. Pesquisas moder­nas apre­sen­tam o pro­ble­ma da cal­ví­cie como resul­ta­do de um dese­qui­lí­brio hor­mo­nal ou quí­mi­co no cor­po.

A que­da de cabe­lo em homens ou mulhe­res pode afe­tar seri­a­men­te a auto­con­fi­an­ça, e casos gra­ves podem levar à depres­são e outros pro­ble­mas de saú­de men­tal. Embora pos­sa ser ten­ta­dor sacar um car­tão de cré­di­to e com­prar todos os tipos de mei­os para se livrar des­te pro­ble­ma humi­lhan­te, pare por um momen­to para lem­brar que a mai­o­ria dos remé­di­os para que­da de cabe­lo ain­da não foram pro­va­dos.

O que que­re­mos fazer é abor­dar a raiz dos pro­ble­mas da cal­ví­cie nos homens e as manei­ras pelas quais o pro­ble­ma pode ser tra­ta­do.

Precisamos enten­der que a que­da de cabe­lo faz par­te da cir­cu­la­ção natu­ral e fun­ci­o­na­li­da­de do cor­po. Homens, mulhe­res e até cri­an­ças per­dem cabe­lo todos os dias, pois isso pro­mo­ve o cres­ci­men­to de novos cabe­los. Na mai­o­ria dos casos, cer­ca de 90% do cabe­lo na cabe­ça de uma pes­soa está em um esta­do de cres­ci­men­to. Os outros 10% cres­ce­ram e falha­rão com o tem­po.

Há outro lado da que­da de cabe­lo, ou seja, que­da exces­si­va de cabe­lo que vai além do nor­mal. Oficialmente, isso se cha­ma alo­pe­cia; a cal­ví­cie com padrão mas­cu­li­no é cha­ma­da de alo­pe­cia andro­gê­ni­ca. Quando os homens per­dem o cabe­lo, isso geral­men­te é uma carac­te­rís­ti­ca her­da­da. De acor­do com os estu­dos rea­li­za­dos nes­sa área, a heran­ça da cal­ví­cie gené­ti­ca vem do lado mater­no da famí­lia. O pro­ble­ma come­ça com um afi­na­men­to dos tem­plos e, em segui­da, con­ti­nua a cobrir o res­to da cabe­ça.

Muito sim­ples­men­te, os homens têm um gene espe­cí­fi­co que leva à pro­du­ção de quan­ti­da­des exces­si­vas de DHT, um pro­du­to quí­mi­co que é geral­men­te con­si­de­ra­do ino­fen­si­vo. No entan­to, o exces­so de pro­du­tos quí­mi­cos rea­ge nega­ti­va­men­te com os folí­cu­los capi­la­res, os mata ou dani­fi­ca e faz com que o cabe­lo falhe e não cres­ça mais.

Existem inú­me­ros tra­ta­men­tos para a cal­ví­cie em homens, mas nem todos foram tes­ta­dos cien­ti­fi­ca­men­te. Há medi­ca­men­tos, dis­po­si­ti­vos cos­mé­ti­cos, cirur­gia, medi­ci­na alter­na­ti­va e mui­to mais. Não há cura conhe­ci­da para a cal­ví­cie; todos os tra­ta­men­tos fun­ci­o­nam con­tra o pro­ble­ma, evi­tar mai­or que­da de cabe­lo ou parar a que­da de cabe­lo; nenhum real­men­te faz o cabe­lo cres­cer de vol­ta quan­do o folí­cu­lo está com­ple­ta­men­te mor­to.

Pensando fora da caixa para parar a queda de cabelo

Uma jovem que tinha aca­ba­do de com­ple­tar 20 anos se sen­tia mui­to jovem para lidar com a ver­go­nha e ansi­e­da­de asso­ci­a­das à gra­ve que­da de cabe­lo. Ao lon­go de um ano, ela foi ver médi­cos e ten­tou vári­os tra­ta­men­tos pres­cri­tos a ela. Incapaz de encon­trar qual­quer alí­vio, ela deci­diu come­çar a pes­qui­sar que­da de cabe­lo para ver se ela pode­ria aju­dar a si mes­ma.

Após meses de ago­nia e tra­ta­men­tos que incluíam uso tópi­co de rogai­ne e uma pílu­la, o pro­ble­ma não desa­pa­re­ceu. Então o médi­co come­çou a lidar com o dese­qui­lí­brio hor­mo­nal e pro­ble­mas de que­da de cabe­lo rela­ci­o­na­dos ao estres­se. Basicamente, o mun­do médi­co às vezes é exa­ge­ra­do em suas expec­ta­ti­vas, sem­pre con­tan­do com pro­ble­mas com­ple­xos, e mui­to pes­si­mis­ta, sem­pre espe­ran­do o pior.

A mai­o­ria dos médi­cos ten­de a igno­rar o que está em seus nari­zes — o fato de que uma gran­de par­ce­la da popu­la­ção ame­ri­ca­na não tem nutri­ção ade­qua­da em seus cor­pos. Isso se deve aos maus hábi­tos ali­men­ta­res das pes­so­as. Se nutri­en­tes impor­tan­tes forem reti­ra­dos do cor­po, o cou­ro cabe­lu­do não pode obter o ali­men­to de que pre­ci­sa. O resul­ta­do é uma die­ta pobre ou ausen­te de folí­cu­los capi­la­res. Como o cabe­lo pode cres­cer nes­sas cir­cuns­tân­ci­as quan­do o cor­po tem fal­ta de vita­mi­nas?

Se você sofre de que­da de cabe­lo e está can­sa­do de visi­tar seu médi­co em bus­ca da solu­ção ide­al, ten­te tomar um com­pri­mi­do mul­ti­vi­ta­mí­ni­co. Isso for­ne­ce ao seu cor­po os nutri­en­tes que ele pre­ci­sa. Peça ao seu médi­co para rea­li­zar alguns exa­mes para des­co­brir se você está anê­mi­co; esta é uma das prin­ci­pais cau­sas de que­da de cabe­lo.

Esta jovem era sábio; Ela come­çou a pes­qui­sar na inter­net para des­co­brir o que cau­sou a defi­ci­ên­cia de vita­mi­nas. Aqui você pode des­co­brir que algu­mas das cau­sas da defi­ci­ên­cia de vita­mi­nas podem ser devi­do à doen­ça celía­ca ou sín­dro­me de Leaky Down. Esses pro­ble­mas se ori­gi­nam no intes­ti­no del­ga­do e levam à má absor­ção de vita­mi­nas e mine­rais no cor­po. Síndrome do intes­ti­no irri­tá­vel tam­bém pode levar à que­da de cabe­lo.

Uma vez que um médi­co tenha iden­ti­fi­ca­do a cau­sa espe­cí­fi­ca do pro­ble­ma, o tra­ta­men­to cor­re­to pode ser toma­do para resol­ver o pro­ble­ma. Isso ime­di­a­ta­men­te leva a uma dimi­nui­ção na inten­si­da­de da que­da de cabe­lo. Um suple­men­to vita­mí­ni­co que for­ne­ce as vita­mi­nas e mine­rais ausen­tes tam­bém é bené­fi­co.

Esta jovem era sábio; Ela come­çou a pes­qui­sar na inter­net para des­co­brir o que cau­sou a defi­ci­ên­cia de vita­mi­nas. Aqui você pode des­co­brir que algu­mas das cau­sas da defi­ci­ên­cia de vita­mi­nas podem ser devi­do à doen­ça celía­ca ou sín­dro­me de Leaky Down. Esses pro­ble­mas se ori­gi­nam no intes­ti­no del­ga­do e levam à má absor­ção de vita­mi­nas e mine­rais no cor­po. Síndrome do intes­ti­no irri­tá­vel tam­bém pode levar à que­da de cabe­lo.

Uma vez que um médi­co tenha iden­ti­fi­ca­do a cau­sa espe­cí­fi­ca do pro­ble­ma, o tra­ta­men­to cor­re­to pode ser toma­do para resol­ver o pro­ble­ma. Isso ime­di­a­ta­men­te leva a uma dimi­nui­ção na inten­si­da­de da que­da de cabe­lo. Um suple­men­to vita­mí­ni­co que for­ne­ce as vita­mi­nas e mine­rais ausen­tes tam­bém é bené­fi­co.

A fal­ta de cál­cio, vita­mi­na D e fer­ro pode levar à que­da de cabe­lo. Outra coi­sa que vale a pena ten­tar é encon­trar um sham­poo mais natu­ral para o seu cabe­lo, em vez de um que este­ja cheio de pro­du­tos quí­mi­cos e mui­tas pro­mes­sas.

Tratamentos para afinar cabelo e calvície

Você come­ça a ver mais do seu cou­ro cabe­lu­do todos os dias quan­do você se olha no espe­lho? Você diri­giu a vida mui­to bem até que um dia você de repen­te olhou no espe­lho e des­co­briu seu cou­ro cabe­lu­do em vez de sua cabe­ça gros­sa de cabe­lo? Sua esco­va de cabe­lo tem mais cabe­lo a cada dia? A pala­vra não é dolo­ro­sa, e você não está sozi­nho em sua misé­ria! Cabeça ergui­da, por­que exis­tem tra­ta­men­tos que podem aju­dar a resol­ver o pro­ble­ma.

Vamos abor­dar o pro­ble­ma posi­ti­va­men­te e dar uma olha­da nos dife­ren­tes méto­dos dis­po­ní­veis para des­fa­zer ou parar de afi­nar o cabe­lo e a cal­ví­cie. À medi­da que enve­lhe­ce­mos, o cabe­lo pode ficar mais fino, mais cin­za e seco.

A que­da real de cabe­lo e um cou­ro cabe­lu­do care­ca é uma con­di­ção em que o cabe­lo falha e não cres­ce mais. Há mui­tas razões para isso, incluin­do dese­qui­lí­bri­os hor­mo­nais, maus hábi­tos ali­men­ta­res, um esti­lo de vida exces­si­va­men­te indul­gen­te com álco­ol, taba­co e dro­gas. A gené­ti­ca tam­bém pode ser uma das cau­sas da cal­ví­cie, espe­ci­al­men­te nos homens.

Com a ida­de, o cabe­lo seca por­que as glân­du­las ole­o­sas natu­rais na pele pro­du­zem menos óleo para lubri­fi­car a pele. A fal­ta de lubri­fi­ca­ção e pro­te­ção pode fazer com que o cabe­lo fique frá­gil e sen­sí­vel à que­bra. O cabe­lo seco e dani­fi­ca­do pode pare­cer mais fino do que os fios real­men­te são. Tratamentos capi­la­res sau­dá­veis, como sham­po­os de ervas e enxá­gues, bem como enxá­gues capi­la­res estão dis­po­ní­veis.

Cabelos finos são o resul­ta­do dos fios de cabe­lo fica­rem mais finos devi­do à ida­de. Aos 40 anos, por exem­plo, os eixos capi­la­res se tor­nam 5% mais finos em com­pa­ra­ção com 20 anos atrás. O cabe­lo é com­pos­to prin­ci­pal­men­te por pro­teí­nas; o pro­ces­so de enve­lhe­ci­men­to afe­ta a capa­ci­da­de do cor­po de pro­du­zir pro­teí­nas na quan­ti­da­de neces­sá­ria, resul­tan­do em cabe­los mui­to finos. Mudar a die­ta e usar pro­du­tos que dão ple­na ple­ni­tu­de aos eixos capi­la­res são duas opções que geral­men­te fun­ci­o­nam.

A for­ma como a luz é refle­ti­da pelo cabe­lo muda quan­do o pig­men­to natu­ral do cabe­lo é per­di­do. As célu­las na base dos folí­cu­los capi­la­res ces­sam sua pro­du­ção de mela­ni­na à medi­da que enve­lhe­ce­mos. Quando o cabe­lo fica gri­sa­lho ou bran­co, a cor mais cla­ra tam­bém faz com que pare­ça mais fino e fino. Isso pode fazer a cal­ví­cie pare­cer exa­ge­ra­da, então não tenha mui­ta pres­sa para se estres­sar. A Universidade Duke rea­li­zou estu­dos que mos­tra­ram que o estres­se é um fator impor­tan­te nos cabe­los gri­sa­lhos. Corantes e coran­tes de cabe­lo cobrem tem­po­ra­ri­a­men­te os cabe­los gri­sa­lhos, mas uma die­ta sau­dá­vel leva a cabe­los sau­dá­veis.

Compreensão da queda de cabelo nas mulheres

Você sofre de queda de cabelo?

Você pre­ci­sa urgen­te­men­te das infor­ma­ções e con­se­lhos cer­tos? Você está no lugar cer­to para des­co­brir sobre a que­da de cabe­lo no sexo boni­to. Em pri­mei­ro lugar, é neces­sá­rio enten­der que as mulhe­res que expe­ri­men­tam que­da de cabe­lo não estão sozi­nhas; este é um pro­ble­ma de pro­por­ções uni­ver­sais. Entendemos que a que­da de cabe­lo pode ser mui­to mais trau­má­ti­ca para uma mulher do que para um homem.

É hora de se livrar das dúvi­das, medos, con­fu­são e cons­tran­gi­men­to que te ator­men­tam a cada momen­to de vigí­lia e encon­trar a melhor solu­ção para o pro­ble­ma. Antes de che­gar­mos a este pon­to, vamos pri­mei­ro escla­re­cer os mitos em tor­no da que­da de cabe­lo. Acontece que você per­de o cabe­lo devi­do ao estres­se, mas ape­nas em uma situ­a­ção de extre­ma tur­bu­lên­cia que dura meses ina­ba­lá­vel pode ocor­rer que­da de cabe­lo. Dietas de gra­vi­dez e aci­den­te podem levar à que­da de cabe­lo, e o tra­ta­men­to em con­sul­ta com um médi­co é reco­men­da­do.

Nas mulhe­res, os cabe­los come­çam a afi­nar todo o cou­ro cabe­lu­do; este pode ser um even­to menor ou mui­to dra­má­ti­co. Independentemente da gra­vi­da­de da que­da de cabe­lo, a prin­ci­pal cau­sa é a sen­si­bi­li­da­de dos folí­cu­los capi­la­res aos hormô­ni­os do cou­ro cabe­lu­do, espe­ci­al­men­te DHT ou dihi­dro-tes­tos­te­ro­na. A mai­o­ria dos tra­ta­men­tos anti-que­da de cabe­lo para mulhe­res inclu­em blo­que­a­do­res de DHT. É melhor con­sul­tar um médi­co para encon­trar o melhor tra­ta­men­to para o seu pro­ble­ma.

A esca­la de Ludwig às vezes é usa­da para clas­si­fi­car os dife­ren­tes tipos de que­da de cabe­lo femi­ni­na. É limi­ta­do em seu uso, mas dá uma ima­gem pre­ci­sa do pro­ble­ma da que­da de cabe­lo. A alo­pe­cia andro­ge­né­ti­ca em mulhe­res é o tipo de que­da de cabe­lo que ocor­re devi­do a dese­qui­lí­bri­os hor­mo­nais e geral­men­te é carac­te­ri­za­da por um afi­na­men­to geral do cabe­lo e não pela que­da de cabe­lo irre­gu­lar. Causas comuns de que­da de cabe­lo podem sur­gir de tomar ou des­con­ti­nu­ar medi­ca­men­tos con­tra­cep­ti­vos, o tem­po antes e depois da meno­pau­sa, o tem­po após a meno­pau­sa e o tem­po após o nas­ci­men­to. Com esse tipo de alo­pe­cia, as mulhe­res podem pelo menos se tran­qui­li­zar pelo fato de que a cal­ví­cie com­ple­ta é uma rari­da­de. Normalmente é mais uma dimi­nui­ção visí­vel no volu­me de cabe­lo do que uma cal­ví­cie real.

Você pode estar mui­to depri­mi­do por cau­sa da que­da de cabe­lo para per­ce­ber que há opções de tra­ta­men­to. Basta visi­tar um espe­ci­a­lis­ta em cabe­lo qua­li­fi­ca­do. Há uma vari­e­da­de de pro­du­tos, medi­ca­men­tos e tra­ta­men­tos que um médi­co pode pres­cre­ver para tra­tar o pro­ble­ma. As solu­ções são bem sim­ples, mas você pre­ci­sa dar o pri­mei­ro pas­so para bus­car tra­ta­men­to.

Uso de óleos para evitar queda de cabelo

Há uma ampla sele­ção de óle­os que podem aju­dar a esti­mu­lar os folí­cu­los para um melhor cres­ci­men­to capi­lar. Ninguém gos­ta de per­der o cabe­lo, então vamos exa­mi­nar alguns dos óle­os que podem nos aju­dar a man­ter nos­so cabe­lo e pre­ve­nir a cal­ví­cie. Em todos os momen­tos, uma vari­e­da­de de óle­os foram usa­dos para nutrir o cabe­lo e dar-lhe vita­li­da­de e uma vida útil sau­dá­vel.

Definição de óleos

Os óle­os são uma subs­tân­cia repe­len­te à água que inclui umi­da­de den­tro dos eixos capi­la­res. Quando óle­os essen­ci­ais são apli­ca­dos dire­ta­men­te no cou­ro cabe­lu­do, aju­da a aumen­tar o flu­xo san­guí­neo e for­ne­cer nutri­en­tes aos folí­cu­los capi­la­res.

A apli­ca­ção atu­al de óle­os nos cabe­los e cou­ro cabe­lu­do aju­da a pro­mo­ver o cres­ci­men­to capi­lar esti­mu­lan­do o cou­ro cabe­lu­do e pro­te­gen­do os fios de cabe­lo. Ao esti­mu­lar o cou­ro cabe­lu­do, o óleo aju­da a pro­mo­ver a for­ma­ção de cabe­los. Óleos pesa­dos for­ta­le­cem o eixo capi­lar e evi­tam a que­bra fácil. Se os danos nos cabe­los e a que­bra do cabe­lo forem redu­zi­dos, a vida útil natu­ral do cabe­lo é man­ti­da.

Diferentes tipos de óleos para promover o crescimento capilar

Óleos pesados:

  • Óleos como óleo de coco e óleo de mos­tra­ção são óle­os pesa­dos que aju­dam a for­ta­le­cer o eixo capi­lar e redu­zir a que­bra. Os óle­os tam­bém aju­dam a for­ta­le­cer o pró­prio cabe­lo, o que aju­da a redu­zir a que­da de cabe­lo.

Óleo de mostarda:

  • Acredita-se que esti­mu­le o cou­ro cabe­lu­do para pro­mo­ver o cres­ci­men­to capi­lar. O óleo de mos­tar­da tem um teor mui­to alto de zin­co e selê­nio, que pre­vi­nem a que­da de cabe­lo. Se essas subs­tân­ci­as essen­ci­ais não esti­ve­rem pre­sen­tes no cor­po, pode ocor­rer que­da de cabe­lo. O óleo tam­bém é rico em beta­ca­ro­te­no e uma fon­te sau­dá­vel de nutri­en­tes e vita­mi­nas que ali­men­tam o cou­ro cabe­lu­do. Quando o beta­ca­ro­te­no é con­ver­ti­do em vita­mi­na A, aumen­ta a saú­de do cou­ro cabe­lu­do e for­ne­ce pro­te­ção para o cabe­lo.

Óleos essenciais:

  • Existem vári­os óle­os essen­ci­ais, como ale­crim e hor­te­lã-pimen­ta que têm pro­pri­e­da­des esti­mu­lan­tes para pro­mo­ver o cres­ci­men­to capi­lar. Os óle­os aju­dam a evi­tar a pro­du­ção exces­si­va de sebo, o óleo natu­ral pro­du­zi­do pelo cou­ro cabe­lu­do. Quando mas­sa­ge­a­dos no cou­ro cabe­lu­do, os óle­os envi­am um for­mi­ga­men­to no cou­ro cabe­lu­do para melho­rar a cir­cu­la­ção san­guí­nea.

Outros óleos:

  • O óleo de ger­me de tri­go e o azei­te são ingre­di­en­tes popu­la­res em pro­du­tos para cui­da­dos com o cabe­lo. Os óle­os têm um alto teor de nutri­en­tes essen­ci­ais, como áci­dos gra­xos e vita­mi­nas A, D e E. Os óle­os são úteis para cui­dar dos cabe­los e pro­te­ger con­tra radi­cais livres e os danos que cau­sam. O óleo de ger­me de tri­go é par­ti­cu­lar­men­te útil para evi­tar a que­da de cabe­lo.

Cura para queda de cabelo

Por que remédios naturais são bons para a queda de cabelo

Certamente não fal­tam tra­ta­men­tos para que­da de cabe­lo dis­po­ní­veis no mer­ca­do hoje. Se eles fun­ci­o­nam ou não pode ser uma per­gun­ta mui­to dife­ren­te. Se você não está inte­res­sa­do em ten­ta­ti­va e erro para ver o que fun­ci­o­na e o que não fun­ci­o­na, remé­di­os natu­rais são a melhor opção. Há uma ampla gama de remé­di­os natu­rais que ofe­re­cem tra­ta­men­tos efi­ca­zes para a que­da de cabe­lo.

A van­ta­gem do uso de remé­di­os natu­rais é, natu­ral­men­te, a ausên­cia de quais­quer efei­tos cola­te­rais. Também pre­ci­sa­mos de uma melhor com­pre­en­são dos dife­ren­tes tra­ta­men­tos, da for­ma como os tra­ta­men­tos devem ser uti­li­za­dos e dos resul­ta­dos espe­ra­dos dos tra­ta­men­tos. É acon­se­lhá­vel apren­der o máxi­mo pos­sí­vel sobre os diver­sos remé­di­os natu­rais, dis­cu­tir com um médi­co o tipo de pro­ble­ma de que­da de cabe­lo que você enfren­ta, e o melhor remé­dio natu­ral para o pro­ble­ma.

Remédios natu­rais para que­da de cabe­lo têm bene­fí­ci­os que inclu­em a ausên­cia de efei­tos cola­te­rais, não cau­sam dor ou des­con­for­to, não são mui­to caros, podem ser facil­men­te com­pra­dos na mai­o­ria das lojas de saú­de ou far­má­ci­as, e até mes­mo admi­nis­trar o tra­ta­men­to é fácil.

Ervas e óle­os essen­ci­ais são pro­va­vel­men­te as for­mas mais comuns de remé­di­os natu­rais para a que­da de cabe­lo. Médicos con­ven­ci­o­nais apren­de­ram a acei­tar a efi­cá­cia des­ses pro­du­tos, embo­ra não haja mui­tas evi­dên­ci­as cien­tí­fi­cas. Por sécu­los, as pes­so­as têm usa­do ervas e óle­os para tra­tar um gran­de núme­ro de doen­ças, que é até a melhor pro­va dis­so.

Aqui estão alguns exemplos de remédios naturais bem conhecidos para a queda de cabelo:

  • Ginger é uma erva mui­to útil que pode ser encon­tra­da em nos­sas cozi­nhas em casa. Ao lon­go da his­tó­ria huma­na, o gen­gi­bre tem sido usa­do para curar mui­tas doen­ças des­de sua des­co­ber­ta. O gen­gi­bre con­tém áci­dos gra­xos que for­ta­le­cem o eixo capi­lar e esti­mu­lam o cou­ro cabe­lu­do a pro­du­zir novos cabe­los.
  • Alecrim e sál­via são ervas que pre­ci­sam ser cozi­das jun­tas para cri­ar um con­di­ci­o­na­dor de cabe­lo. As ervas estão enchar­ca­das e a água é usa­da como enxá­gue após o sham­poo. As ervas agem nos folí­cu­los e esti­mu­lam-nas a for­mar cabe­lo. As ervas tam­bém tra­ba­lham para pro­lon­gar a fase de repou­so do ciclo capi­lar, redu­zin­do a que­da de cabe­lo.
  • Pimenta ver­me­lha é uma erva que se mis­tu­ra com água nor­mal da tor­nei­ra e pode ser apli­ca­da ao cou­ro cabe­lu­do nos locais onde ocor­reu a que­da de cabe­lo. Pimenta irri­ta a pele e libe­ra his­ta­mi­nas nas áre­as de apli­ca­ção. As his­ta­mi­nas são capa­zes de mudar a divi­são celu­lar e incen­ti­var os folí­cu­los capi­la­res à pro­du­ção capi­lar.
  • A adi­ção de hen­na ao con­di­ci­o­na­dor capi­lar que você usa pode aju­dar a curar os folí­cu­los capi­la­res e pro­mo­ver o cres­ci­men­to capi­lar. Henna tam­bém con­tém pro­pri­e­da­des que selam a cutí­cu­la capi­lar para tor­ná-la for­te e resis­ten­te a danos.

Cirurgia de transplante capilar vai parar a queda de cabelo

Qualquer um que tenha sido con­fron­ta­do com a dolo­ro­sa per­da de uma quan­ti­da­de sig­ni­fi­ca­ti­va de cabe­lo duran­te um lon­go perío­do de tem­po deve con­si­de­rar a pos­si­bi­li­da­de de um trans­plan­te capi­lar. Uma cal­ví­cie geral­men­te ocor­re em um padrão na fren­te ou na cabe­ça ou na par­te de trás da cabe­ça. No trans­plan­te capi­lar, os folí­cu­los capi­la­res são remo­vi­dos de par­tes do cou­ro cabe­lu­do onde o cres­ci­men­to sau­dá­vel do cabe­lo está pre­sen­te e trans­plan­ta­dos em áre­as onde ocor­reu a cal­ví­cie.

Durante o trans­plan­te capi­lar, o médi­co remo­ve folí­cu­los capi­la­res ou enxer­tos capi­la­res e os trans­plan­ta para as áre­as do cou­ro cabe­lu­do onde o cres­ci­men­to capi­lar é inter­rom­pi­do. Se você está se per­gun­tan­do o que acon­te­ce com a área de onde os folí­cu­los são remo­vi­dos, e se essas áre­as vão ser care­cas, a res­pos­ta é não. Apenas alguns folí­cu­los capi­la­res são remo­vi­dos de cada gru­po sau­dá­vel ou enxer­to. O médi­co deve inse­rir milha­res de folí­cu­los nas áre­as care­cas para que o tra­ta­men­to seja efi­caz. O peque­no gru­po tam­bém tor­na a apa­rên­cia mais natu­ral.

No trans­plan­te capi­lar, cada ses­são pode durar de 5 a 10 horas, e a pes­soa pre­ci­sa­rá de pelo menos duas ses­sões para alcan­çar resul­ta­dos. No entan­to, o núme­ro de ses­sões neces­sá­ri­as depen­de da gra­vi­da­de do pro­ble­ma, do tama­nho da cal­ví­cie a ser tra­ta­da, da taxa espe­ra­da de mais cal­ví­cie e do núme­ro de enxer­tos neces­sá­ri­os para alcan­çar resul­ta­dos e fazer com que a pes­soa pare­ça natu­ral.

A cirur­gia de trans­plan­te capi­lar é reco­men­da­da para homens e mulhe­res que sofrem de que­da de cabe­lo here­di­tá­ria. O prin­ci­pal cri­té­rio para esse tipo de tra­ta­men­to é a dis­po­ni­bi­li­da­de de cabe­lo doa­dor sufi­ci­en­te para que o tra­ta­men­to seja bem suce­di­do.

Please enter cor­rect post id for Video SEO Post

A cor, tex­tu­ra e tipo de cabe­lo podem fazer a dife­ren­ça se um can­di­da­to é ade­qua­do para o pro­ce­di­men­to. Uma pes­soa com cabe­los enca­ra­co­la­dos gros­sos em uma tona­li­da­de escu­ra é uma boa can­di­da­ta a um trans­plan­te capi­lar. O cabe­lo cobre uma par­te mai­or do cou­ro cabe­lu­do e dá à pes­soa uma apa­rên­cia mui­to natu­ral. Se hou­ver um gran­de con­tras­te entre a cor do cou­ro cabe­lu­do e a cor do cabe­lo, pode haver um pro­ble­ma por­que o trans­plan­te será mui­to óbvio. Nesses casos, pode ser melhor man­ter a apa­rên­cia care­ca do que pare­cer obvi­a­men­te lou­co.

Um trans­plan­te de cabe­lo é só isso; ope­ra­ção e os cus­tos são pro­por­ci­o­nais à quan­ti­da­de de tra­ba­lho rea­li­za­do.

Você quer desfazer a queda de cabelo?

Se seu cabe­lo caiu do lugar e você está subin­do nas pare­des em um esta­do com­ple­ta­men­te para­noi­co, esta pági­na é para você. Oferecemos con­se­lhos prá­ti­cos e dicas para aju­dá-lo a lidar com o pro­ble­ma da que­da de cabe­lo. Nem todos nós somos obce­ca­dos com nos­so cabe­lo ou cor­po, mas mes­mo para a pes­soa mais pou­co exi­gen­te do mun­do, a que­da repen­ti­na de cabe­lo pode ser uma pílu­la difí­cil de engo­lir.

Alguns tipos de que­da de cabe­lo são fáceis de detec­tar, mas em outros o pro­ble­ma pode ocor­rer devi­do a um pro­ble­ma médi­co sub­ja­cen­te ou outros fato­res. Por exem­plo, exten­sos tra­ta­men­tos de salão ao lon­go do tem­po, nos quais o cabe­lo tem sido cons­tan­te­men­te expos­to a pro­du­tos quí­mi­cos seve­ros, podem levar a uma per­da repen­ti­na de gran­des quan­ti­da­des de cabe­lo. Seja qual for a cau­sa do pro­ble­ma, nos­so úni­co obje­ti­vo de con­su­mo é enfren­tar a ter­rí­vel pers­pec­ti­va de ficar care­ca em um futu­ro não mui­to dis­tan­te para parar a que­da de cabe­lo.

Deve-se enten­der no iní­cio que exis­tem cer­tos tipos de que­da de cabe­lo que não podem ser des­fei­tos. Por exem­plo, que­da de cabe­lo por razões gené­ti­cas; se a que­da de cabe­lo é here­di­tá­ria, não há cura conhe­ci­da para a rees­tru­tu­ra­ção de genes her­da­dos. Outro pro­ble­ma é que os homens são gene­ti­ca­men­te pro­je­ta­dos para expe­ri­men­tar uma cer­ta quan­ti­da­de de que­da de cabe­lo com a ida­de. Isso é devi­do à tes­tos­te­ro­na hor­mo­nal mas­cu­li­na; mui­to dele e o cabe­lo incha no cou­ro cabe­lu­do. Bem, na rea­li­da­de, mui­ta tes­tos­te­ro­na cau­sa o aumen­to na pro­du­ção do hormô­nio DHT, que impe­de os folí­cu­los capi­la­res de pro­du­zir novos cabe­los.

Nas mulhe­res, gra­ças a Deus, o pro­ble­ma da que­da de cabe­lo não é tão pro­nun­ci­a­do como nos homens! No entan­to, doen­ças, gra­vi­dez, par­to, meno­pau­sa e uma vari­e­da­de de outros fato­res podem desen­ca­de­ar a que­da de cabe­lo. Quando as mulhe­res têm cer­tas doen­ças e seus cabe­los são cor­ta­dos, elas não podem mais cres­cer de novo.

Para homens e mulhe­res, rever­ter a que­da de cabe­lo equi­va­le a fazer cer­tas mudan­ças em nos­sas vidas. É sabi­do que um cor­po sau­dá­vel é sinô­ni­mo de ausên­cia de doen­ça. Também é comu­men­te conhe­ci­do que fumar cau­sa cân­cer, então por que fumar? A má nutri­ção faz com que os folí­cu­los capi­la­res absor­vam mui­to pou­co nutri­en­tes e parem de pro­du­zir novos cabe­los. Muito álco­ol blo­queia a pro­du­ção sau­dá­vel de cabe­los novos. Tudo o que é apre­ci­a­do com mode­ra­ção é bom des­de que não afe­te o bem-estar do cor­po.

Homens e mulhe­res pre­ci­sam ajus­tar seu esti­lo de vida para man­ter um cor­po sau­dá­vel e cou­ro cabe­lu­do.

Chá verde — Ajuda na luta contra a queda de cabelo?

O chá ver­de é fei­to a par­tir de folhas de chá que foram vapo­ri­za­dos e secas sem pas­sar pelo pro­ces­so de fer­men­ta­ção. Estudos recen­tes mos­tram que o chá ver­de pode real­men­te aju­dar a com­ba­ter a que­da de cabe­lo de for­ma efi­caz.

Um expe­ri­men­to foi rea­li­za­do em um gru­po de camun­don­gos que se depa­ram com a que­da de cabe­lo para tes­tar o efei­to do chá ver­de sobre eles. Alguns ratos rece­be­ram água potá­vel, enquan­to os outros rece­be­ram chá ver­de.

Os resul­ta­dos mos­tra­ram que o chá ver­de aju­dou todos os ratos nes­te gru­po de tes­te em par­ti­cu­lar a parar a que­da de cabe­lo. Até levou a um cres­ci­men­to de cabe­lo desen­ca­de­a­do.

O gru­po de camun­don­gos expos­tos à água potá­vel con­ti­nu­ou a enfren­tar a que­da de cabe­lo. Claro, os huma­nos são dife­ren­tes dos ratos, e pode­mos rea­gir de for­ma dife­ren­te às subs­tân­ci­as. Ainda não está cla­ro se o chá ver­de é igual­men­te ade­qua­do para os huma­nos na luta con­tra a que­da de cabe­lo.

Uma das razões pelas quais o chá ver­de é con­si­de­ra­do efi­caz é que ele con­tém pro­pri­e­da­des “anti-infla­ma­tó­ri­as” que são bené­fi­cas tan­to para homens quan­to para mulhe­res que estão em ris­co de que­da exces­si­va de cabe­lo. Também tem influên­cia nos hormô­ni­os cor­po­rais.

O aumen­to do con­su­mo de chá ver­de leva à rápi­da pro­du­ção de um hormô­nio cha­ma­do glo­bu­li­na de liga­ção hor­mo­nal sexu­al (SHBG) em nos­sa cor­ren­te san­guí­nea. SHBG impe­de a con­ver­são de tes­tos­te­ro­na em outro hormô­nio cha­ma­do dihi­dro­tes­tos­te­ro­na (DHT).

A DHT aju­da a pro­mo­ver o cres­ci­men­to capi­lar em cri­an­ças. Mas de acor­do com estu­dos rea­li­za­dos pela American Medical Association (AMA), alguns homens e mulhe­res rea­gem nega­ti­va­men­te ao DHT em um está­gio pos­te­ri­or da vida, o que pode ser um pro­ble­ma gené­ti­co.

O chá ver­de pode­ria, por­tan­to, aju­dar na luta con­tra a que­da de cabe­lo, des­lo­can­do quan­ti­da­des aumen­ta­das de SHBG para a cor­ren­te san­guí­nea, que impe­dem a for­ma­ção de DHT.

O chá ver­de tam­bém é con­si­de­ra­do mui­to efi­caz na cura da cas­pa, que é uma das prin­ci­pais razões para a que­da de cabe­lo em cri­an­ças e adul­tos. Também aju­da a curar a pso­ría­se, doen­ça crô­ni­ca na qual o cou­ro cabe­lu­do está infec­ta­do com lesões e man­chas ver­me­lhas e secas.

O chá ver­de regu­la a cas­pa­se-14, uma pro­teí­na res­pon­sá­vel pela repro­du­ção celu­lar. Esta pro­pri­e­da­de é bené­fi­ca quan­do se tra­ta de regu­lar a pso­ría­se.

Caspa pode ser cura­do com um sham­poo com chá ver­de, ou você pode usar chá ver­de com seu sham­poo nor­mal. Uma vez que sham­po­os nor­mais tam­bém podem con­ter alguns ele­men­tos que podem ser poten­ci­al­men­te can­ce­rí­ge­nos, é sem­pre melhor ver se sua con­di­ção do cou­ro cabe­lu­do melho­ra após o uso úni­co de chá ver­de.

Mesmo que você encon­tre mui­tas refe­rên­ci­as onli­ne que expli­cam os bene­fí­ci­os do uso de chá ver­de, há quem acre­di­te que não tem nenhum efei­to óbvio sobre sua con­di­ção capi­lar. O chá bran­co pare­ce ser pre­fe­ri­do por mui­tos nes­ses casos.

Outros acre­di­tam que o con­su­mo pesa­do de chá ver­de e soja fer­men­ta­da vai fazer mara­vi­lhas para o seu cabe­lo. Com uma vari­e­da­de de evi­dên­ci­as e fon­tes dis­po­ní­veis onli­ne, pode ser difí­cil acre­di­tar que o chá ver­de não está aju­dan­do a com­ba­ter a que­da de cabe­lo.

Você tem que ter em men­te que nem todos os tipos de que­da de cabe­lo são iguais e nem todos podem ser cura­dos da mes­ma for­ma. É sem­pre melhor con­sul­tar uma pes­soa espe­ci­a­lis­ta antes de deci­dir ten­tar algo novo ou dife­ren­te.

O cabelo grisalho deve ser tingido?

Você tem mui­tos cabe­los gri­sa­lhos? Se assim for, você pode pen­sar em tin­gir o cabe­lo. Tingimento ou des­car­ga semi-per­ma­nen­tes podem ser alter­na­ti­vas se você não esti­ver seve­ra­men­te acin­zen­ta­do. Caso con­trá­rio, a colo­ra­ção per­ma­nen­te do cabe­lo pode ser sua úni­ca opção. Você deve tin­gir seu cabe­lo per­ma­nen­te­men­te ou tin­gi-lo natu­ral­men­te?

O aspec­to finan­cei­ro é um aspec­to impor­tan­te. Você pode com­prar coran­tes de cabe­lo para usá-los em casa, mas pode ser que você con­si­ga menos do que os resul­ta­dos dese­ja­dos. Coloração pro­fis­si­o­nal de cabe­lo pode ser cara. Para man­ter suas raí­zes colo­ri­das, você pre­ci­sa fazer uma visi­ta de salão a cada qua­tro ou oito sema­nas. Além dis­so, você pode não que­rer que seu cabe­lo tenha uma úni­ca cor em todos os luga­res. Fios ou cabe­los escu­ros serão adi­ci­o­na­dos à sua con­ta.

Você tem uma cer­ta cor de cabe­lo em men­te? Infelizmente, é pos­sí­vel que seu cabe­lo gri­sa­lho não este­ja colo­ri­do nes­ta tona­li­da­de. Pior ain­da, você ama a cor que tem quan­do sai do salão, só para des­co­brir em algu­mas sema­nas que seu cabe­lo des­bo­tou para uma tona­li­da­de que você não pode supor­tar. As cores ver­me­lhas são par­ti­cu­lar­men­te pro­pen­sas a desa­pa­re­cer. Pense tam­bém em como serão as raí­zes pra­te­a­das em com­pa­ra­ção com a tona­li­da­de que você esco­lher. As cores na área loi­ra mui­tas vezes se mis­tu­ram melhor com raí­zes cin­za.

Muitas cores de cabe­lo não ficam boas con­tra o enve­lhe­ci­men­to da pele (ou algu­mas con­tra qual­quer pele). Talvez você deves­se se ori­en­tar para a natu­re­za e pen­sar no que é melhor para você no momen­to.

Uma con­ta­mi­na­ção quí­mi­ca tam­bém pode ser uma con­si­de­ra­ção. A colo­ra­ção capi­lar con­tém algu­mas subs­tân­ci­as for­tes que pro­va­vel­men­te não são boas para o seu cor­po. Finalmente, mui­tas mulhe­res grá­vi­das param de tin­gir seus cabe­los para evi­tar que subs­tân­ci­as tóxi­cas pre­ju­di­quem seus bebês. Você real­men­te quer que essas subs­tân­ci­as sejam absor­vi­das em seu cou­ro cabe­lu­do?

O tem­po é outro fator. O tin­gi­men­to capi­lar pode levar de uma a duas horas por visi­ta. Dependendo de quan­tas vezes você pre­ci­sa tin­gir, você pode pas­sar mui­to tem­po no salão.

Cabelos gri­sa­lhos podem ser mui­to atra­en­tes. Muitas mulhe­res encon­tram homens com cabe­los gri­sa­lhos que dife­rem na apa­rên­cia. Cabelo pra­te­a­do em mulhe­res pode ser boni­to.

Algumas cul­tu­ras vêem o cabe­lo gri­sa­lho como uma hon­ra. Cachos de pra­ta irra­di­am matu­ri­da­de e sabe­do­ria. Você mere­ce esses cabe­los gri­sa­lhos, então use‑o com orgu­lho!

Você deve tin­gir seus cachos per­ma­nen­te­men­te? Você pre­ci­sa esco­lher a cor do cabe­lo que faz você olhar e se sen­tir melhor, levan­do em con­ta o cus­to e o esfor­ço de cui­da­do. Deixar o cabe­lo natu­ral­men­te pode ser uma boa esco­lha para mui­tos adul­tos com cabe­los gri­sa­lhos.

Deixe um comentário

Assine nossa newsletter.

Por favor, leia antes de enviar
Eu li e entendi a política de privacidade. Concordo que meus dados serão coletados e armazenados eletronicamente para responder ao meu inquérito. Por favor, note: Você pode revogar seu consentimento a qualquer momento para o futuro enviando um e-mail para info@factorhair.de .

Fator Cabelo

Não sonhe com cabelo bonito e saudável. Com o Factor Hair Activator você pode resolver o problema na raiz e ativar um novo crescimento capilar com uma taxa de sucesso de mais de 93%.

Aproveite nossa fórmula única, a eficácia da qual foi comprovada por estudos clínicos. Fique mais grosso, saudável e mais forte do que você jamais pensou ser possível.

Todos os direitos reservados 2019 © Todos os Direitos Reservados.

Initiative: Fairness im Handel

Membro da iniciativa "Justiça no Comércio".
Informações sobre a iniciativa: https://www.fairness-im-handel.de

Programa de afiliados da Webmaster para produtos de beleza exclusivos